Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 30 de novembro de 2021
Busca
Brasil

André diz que polícias não podem entrar na marra nas aldeias

6 Nov 2009 - 14h31Por Notícias.MS

O governador André Puccinelli cumpriu a primeira parte de sua agenda hoje (6), em Dourados, com a entrega das chaves de 100 unidades habitacionais, na Aldeia Jaguapiru. Puccinelli também inaugurou a Escola Estadual Indígena de Ensino Médio Intercultural Guateka Marçal de Souza, distribuiu 1.284 cestas alimentares e entregou duas patrulhas mecanizadas para atender aldeias de Dourados.

Com a presença de todas as lideranças indígenas de Dourados, que cobraram maior segurança nas aldeias, o governador explicou que as polícias estaduais estão impedidas de entrar nas aldeias sem a autorização da Polícia Federal, Ministério Público Federal e governo Federal. Puccinelli voltou a colocar a Segurança Pública à disposição dos indígenas, desde que obtenha a autorização necessária.

As lideranças das aldeias em Dourados ressaltaram o empenho do governo do estado em solucionar as questões indígenas e também agradeceram as melhorias e investimentos realizados nas aldeias, lembrando que nenhuma administração estadual havia garantido tanta assistência como agora.

O governador André Puccinelli (PMDB) chamou de “mentiroso” quem diz que ele não gosta de índio.

André afirmou que não existiu, “até o século 21”, um governo que tenha ajudado tanto os povos indígenas quanto o atual.

“Também estão mentindo aqueles que falam que o governo não quer dar segurança para os índios, mas não podemos entrar na marra nas aldeias”, afirmou o governador. “Tenho endurecido com a Funai. Basta dar a autorização que entramos na reserva para ajudar nossos irmãos índios”, completou.

Mais cedo, o governador atacou a administradora da Funai em Dourados e chegou a dizer que "autoriza" a prisão dela caso não seja dada autorização para obras dentro das aldeias, como cascalhamento previsto pela prefeitura de Dourados.

Há 3 dias, a servidora federal Margarida Nicoletti virou refém de índios guarani na aldeia Jaguapiru, que pediam a demissão da responsável pela Funai por conta da insegurança dentro da reserva. Ela acabou liberada horas depois.

Depois de índios cercarem o governador na chegada para inauguração de escola indígena, Puccinelli convocou os índios para uma "revolução" contra o órgão, que na avaliação dele, é responsável pelos problemas enfrentados pelos índios no Estado.

Na região sul, o conflito é cada vez maior entre índios, fazendeiros e poder público. Em Paranhos, dois professores estão desaparecidos há uma semana, após confronto armado com funcionários de fazenda invadida. As líderanças dizem que ambos forma mortos, mas a Polícia Federal investiga o caso.

Leia Também

AÇÕES DO GOVERNO MS
Com estados da região Sul, Azambuja quer integração ferroviária e união para redução de carbono
PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança
TRAGÉDIA NA LINHA DO TREM
vítima comemorou aniversário do marido um dia antes de morrer com a filha em acidente com trem
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio
PÂNICO NO AEROPORTO
Vídeo mostra passageiros gritando e muito desespero em avião da Azul; veja
EMBOSCADA
Jovem morre após ser atingida por tiro na cabeça
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid -19 casos sobem para 22,043 milhões e mortes, para 613,3 mil
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Menina de 11 anos conta para avô que é estuprada pelo padrasto