Menu
SADER_FULL
terça, 26 de outubro de 2021
Busca
Brasil

André defende municipalização do esporte em MS

25 Set 2006 - 16h09

Municipalizar as ações esportivas em Mato Grosso do Sul, envolvendo toda a comunidade esportiva, entre profissionais de educação física, atletas, técnicos, dirigentes e árbitros. Esse é o principal objetivo do projeto "Mato Grosso do Sul Esportes", uma das metas do candidato a governador pela coligação "Amor, Trabalho e Fé", André Puccinelli (PMDB). Segundo Carlos Alberto de Assis, um dos técnicos que atuaram na sistematização da proposta, os investimentos e ações acontecerão por etapas. Na área educacional, está prevista a regionalização dos Jogos Escolares (atletas com até 14 anos) e da Juventude (competidores entre 15 e 17 anos), a reforma dos locais destinados às competições e a promoção dos Jogos Escolares Para-desportivos de Mato Grosso do Sul.

"Hoje cerca de 4,3 mil atletas de 23 cidades participam dos jogos Escolares e da Juventude no Estado. Com a regionalização dos jogos Escolares e da Juventude, a nossa meta é reunir pelo menos 20 mil atletas das 78 cidades do Estado", ressalta Assis. Também estão entre as propostas de Puccinelli a criação dos Jogos de Verão; os Jogos Radicais e os Jogos de Esportes Adaptados. Além disso, os Jogos Abertos de Mato Grosso do Sul e os Jogos Indígenas serão mantidos e aperfeiçoados.

Puccinelli defende a manutenção do financiamento esportivo através da Lei de Incentivo ao Esporte (Lei nº. 2281 de 11/09/01), de até 0,5% da arrecadação mensal do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), do programa Talento Esportivo, que oferece bolsa mensal a atletas do Estado, além do fortalecimento das competições universitárias e a instituição da Bolsa Atleta Universitário. "O objetivo é garantir uma renda mensal aos estudantes do ensino superior, como forma de incentivo à prática esportiva e à participação em campeonatos", explica Assis. Também estão previstas a criação da Casa do Esporte, uma sede para abrigar os órgãos esportivos do Estado, e a construção do Centro Olímpico, para sediar competições.

 

Futebol e Lazer – Entre as propostas para incentivar o futebol profissional de Mato Grosso do Sul, Puccinelli defende a implantação do programa "Troque Notas". A iniciativa consiste na troca de notas fiscais por ingressos de jogos de futebol entre equipes sul-mato-grossenses, o que estimulará as famílias a comparecerem aos estádios. "Também vamos incentivar a criação de escolinhas de futebol e fortalecer as competições juvenis como as sub-16, sub-18 e sub- 20", afirma Puccinelli. O candidato levará para o interior do Estado ações como as Caravanas do Lazer, aos fins de semana; Mato Grosso do Sul Fitness, projeto que oferecerá aulas de ginástica em todos os municípios e as Colônias de Férias, com atividades voltadas para a terceira idade.

"Puccinelli vai mudar o conceito de se fazer esporte no Estado, passando a tratá-lo profissionalmente. O esporte também ajuda a gerar emprego e renda e a divulgar o nome de Mato Grosso do Sul", explica Assis. Ele reitera que esporte e lazer estarão entre as prioridades de Puccinelli, pois promovem saúde, cidadania e aumentam a auto-estima das pessoas. "Só o esporte une, iguala e emociona", resume o coordenador.

 
 
 
Fátima News

Leia Também

LIÇÕES DA BÍBLIA
Amem o estrangeiro
LIÇÕES DA BÍBLIA
Circuncidem seu coração
OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS