Menu
SADER_FULL
segunda, 3 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

André admite não disputar Governo se Nelsinho perder

25 Set 2004 - 10h18
O prefeito André Puccinelli (PMDB) chorou, por três vezes, ao manifestar a sua preocupação com o deputado estadual Nelsinho Trad, candidato da coligação do PMDB, não vencer as eleições no primeiro turno. Em discurso feito na reunião com cerca de mil pessoas no Clube da Associação Esportiva Nipo-Brasileira, o prefeito alertou sobre a dificuldade de Nelsinho vencer as eleições se ocorrer o segundo turno. “E aí eu não vou ser governador”, afirmou.
   
   As pessoas que participaram da reunião são basicamente servidores municipais. André queixou-se da falta de empenho dos comissionados na campanha de Nelsinho Trad e ressaltou, mais uma vez, que a derrota poderá prejudicar o seu projeto para 2006. Mas Nelsinho ainda acredita que poderá sair vencedor no primeiro turno. E, se isso não ocorrer, André poderá ser considerado um derrotado politicamente, mesmo que Nelsinho vença no segundo turno.
   
   Além disso, o PMDB não estaria preparado para disputar o segundo turno. O que vem pesando no desgaste do candidato peemedebista é a cobrança da contribuição de melhoria sobre o asfalto, tributo apelidado de taxa pelo candidato do PT, deputado federal Vander Loubet. As explicações de André sobre esse tributo não estão convencendo nem os aliados políticos e muito menos o eleitorado.
   
   Vander descobriu esse ponto fraco da administração de André Puccinelli e vem tirando proveito nos últimos dias da campanha eleitoral. O problema é a grande rejeição de Vander. De qualquer forma, é o principal nome para disputar um eventual segundo turno em Campo Grande. 
   
 
 
Correio do Estado

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERDAS NA PANDEMIA
Morre 5º pastor da Assembleia de Deus vítima da covid-19
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS
Motorista bêbado atinge carro e mata 4 adultos e uma criança
LIMPA NOME
Serasa lança nova campanha para limpar nome por apenas R$ 100
FÁTIMA DO SUL - LUTO
Morre Pe. Bonfilho, aos 93 anos, ele dedicou 25 anos da sua vida a comunidade de Fátima do Sul
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Ex-vice prefeito, filho e sogra morrem por covid-19 em três dias
CENA DE TERROR
Após ser curado da Covid-19 dentista mata enfermeira e comete suicidio
BORA PRA BONITO - MS
Viajar para Bonito (MS) é o remédio para te fazer mais feliz!
LUTANDO PELA VIDA
Bebê diagnosticado com covid 4 dias após nascimento vence a doença
MORTE DE SERVIDORES
Sindicalista: Um carro de funerária atrás do outro e coroas de flores em todos os cantos
SAUDE
Após Covid-19, Bolsonaro diz estar com “mofo no pulmão” e infecção