Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 14 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

América do Sul: soja pode gerar desastre ambiental

17 Set 2004 - 14h03
ANSA - A crescente demanda mundial por grãos de soja pode causar a perda de milhões de hectares de selva e cerrado na América do Sul, em um dos piores desastres naturais da História, segundo um informe do Fundo Mundial para a Natureza (WWF), divulgado em Londres. De acordo com o documento, quase 22 milhões de hectares poderão ser destruídos até 2020, pois se espera que a produção de soja aumente em 100% em duas décadas. Os especialistas consideram, no entanto, que essa situação poderá ser evitada se os produtores de soja aceitarem compartilhar seus terrenos com os pecuaristas. O documento do WWF, intitulado "The soy boom: Two scenarios of soy production expansion in South America" (O boom da soja: Dois cenários para a expansão da produção de soja na América do Sul), afirma que a demanda de exportações de soja, principalmente para a alimentação de gado, se duplicará nos próximos 20 anos.
 
 
 
Agrolink

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATALIDADE
Instrutor de tiros morre após disparo acidental contra o próprio peito no dia do aniversário
TRUCULENCIA
'Achei que iria morrer sufocada como George Floyd', diz mulher negra que teve pescoço pisado por PM
AUXILIO EMERGENCIAL
Liberados saques e transferências para aprovados no 3º lote
VITIMA DA COVID 19
Cantor morre de covid-19 após sogro e sogra; esposa está em isolamento
CAOS NA SAUDE
MT está perdendo a guerra para o coronavírus; nós subestimamos a doença
TRAGEDIA NO CONDOMÍNIO
Adolescente que matou amiga treina tiro esportiva há 3 anos com o pai
VIOLENCIA DOMESTICA
Mulher tem rosto desfigurado após ser agredida e pisoteada pelo marido bêbado
CORONAVIRUS AVANÇA
Brasil tem 72.234 mortes por Covid-19, segundo consórcio de veículos da imprensa em boletim das 13h
BONITO - DICAS AGÊNCIA
Como fazer Snorkel em Bonito MS, o que ver, o que fazer e o que não!
PANDEMIA CORONAVIRUS
Filho de ex-jogador famoso vende geleias e não vê o pai há nove anos