Menu
SADER_FULL
sexta, 17 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Alunos do Sesi produzem repelente caseiro contra dengue

23 Mar 2010 - 10h56Por Campo Grande News

Engajados na batalha contra a dengue, alunos da 4ª a 9ª séries do Ensino Fundamental da Escola do Sesi de Campo Grande - unidade do Clube do Trabalhador estão produzindo, durante as aulas de Ciências, um repelente natural ao mosquito Aedes aegypti para evitar o contágio por meio da picada da fêmea, que transmite a doença.

A professora de Ciências, Patrícia Claro Pissurno, explica que o repelente, que tem como ingredientes o álcool, o cravo da índia e o óleo de bebê. “Trata-se de um repelente natural sem contra indicações para evitar o contágio por meio da picada do mosquito. O repelente evita que o mosquito sugue o sangue, assim, não consegue maturar seus ovos e atrapalha a postura, o que diminui a proliferação”, ressaltou.

Porém, ela reforça que a medida de prevenção mais eficiente é o combate ao mosquito que transmite a doença. “Medidas educativas de repercussão ambiental e conscientização da sociedade para diminuir os locais onde as larvas dos mosquitos se criam são decisivas na prevenção. Estamos fazendo a nossa parte, contribuindo para conscientização e prevenção deste mau que afeta a saúde pública de modo em geral”, disse.

Ao todo 129 alunos participam da experiência e cada um produziu 600 mililitros do repelente que foram levados para as suas respectivas residências para a utilização de toda a família. “Para cada 600 ml do repelente, nós usamos 500 ml de álcool, 10 gramas de cravo da índia e 100 ml de óleo de bebê, sendo bastante econômico com custo final de R$ 6,00”, explica.

Segundo a professora, o repelente caseiro ao mosquito da dengue é fruto do conhecimento repassado pelos pescadores, que teriam descoberto que o cravo da índia possui um princípio ativo que repele a fêmea do Aedes aegypti.


Confira abaixo a receita do repelente caseiro:

Ingredientes
1/2 litro de álcool;
1 pacote de cravo da índia (10 gramas);
1 vidro de óleo de bebê (100 ml);

Preparo – Deixe o cravo curtindo no álcool por cinco a sete dias, agitando no período da manhã e da tarde. Depois acrescente o óleo corporal (pode ser com essência de amêndoas, camomila, erva-doce ou aloe vera). Passe uma gota nos braços e nas pernas. O repelente evita que o mosquito sugue o sangue, assim, ele não consegue maturar os ovos, o que atrapalha a postura, diminuindo a proliferação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões
LIÇÕES DA BÍBLIA
Uma rua de mão dupla
LATROCINIO
Dupla invade casa, tranca mulher e crianças em quarto e mata homem degolado
SAQUE EMERGENCIAL
Caixa cria calendário para liberar nova rodada de dinheiro do FGTS
TRAGEDIA AÉREA
Acidente aéreo mata sócio da Raizen e outras seis pessoas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Um missionário irado e inquieto
LARVAS
Vídeos mostram peixes frescos recheados de vermes; veja
REVOLTANTE
Bandidos invadem casa atirando e matam garota de 13 anos