Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 25 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Alunos de Nova Andradina desenvolvem projeto sobre diabetes

6 Jul 2006 - 09h51
Os alunos da Escola Estadual Professora Nair Palácios de Souza, em Nova Andradina, município localizado a 288 quilômetros de Campo Grande, realizam desde a semana passada o projeto "Diabetes Mellitus: a prevenção é o melhor caminho", que visa conscientizar a comunidade escolar, os pais e a sociedade em geral acerca dos riscos do diabetes, uma doença crônica que atinge pelo menos 15 milhões de brasileiros, segundo dados da Sociedade Brasileira de Diabetes.

Preparados durante um mês, com aulas e pesquisas sobre o tema, 800 estudantes dos três turnos de 5ª a 8ª séries do ensino fundamental e dos três anos do ensino médio deram início ao projeto no dia 26 de junho, atuando como alvos e agentes de uma verdadeira campanha pela prevenção do diabetes em Nova Andradina.

Conforme o diretor da escola, Acácio Luiz Sampaio, inicialmente foi feita uma triagem entre os jovens a fim de identificar possíveis pré-dispostos a portar a enfermidade. Foi formulado um questionário com perguntas sobre os hábitos alimentares e pessoais de cada aluno e a ocorrência de casos da doença na família.

Pelo menos 250 estudantes se encaixaram no quadro de risco e, numa parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e laboratórios de análise particulares, foi disponibilizado material e apoio profissional para que fossem feitos exames de medição de glicemia, ou seja, a taxa de açúcar no sangue, dos alunos.

A programação da campanha incluiu a integração de familiares e responsáveis pelos jovens, que assistiram a uma palestra sobre obesidade e diabetes, ministrada pela médica nutróloga Cláudia Regina Pedroso.

Para inserir a população no contexto do projeto, na quarta-feira 28 de junho foi organizada a ida dos alunos ao centro comercial da cidade, onde foram distribuídos panfletos educativos com informações básicas sobre o diabetes e de como fazer o diagnóstico precoce da doença.

Acompanhados pela Polícia Militar, os estudantes fizeram a divulgação nas ruas centrais do município, estabelecimentos comerciais, agências bancárias e no posto da Polícia Rodoviária Federal. Houve, ainda, a explanação do tema na mídia local, com a visita de alunos e professores a emissoras de rádio e a redações de jornais.

Em continuidade à iniciativa, os resultados das análises de glicemia dos estudantes serão encaminhados à escola e os pais dos jovens diagnosticados com o diabetes ou propensos à enfermidade devido obesidade ou sintomas característicos serão informados para que iniciem o tratamento providencial dos filhos.

Além de educativo, o projeto serviu como nota para as disciplinas de Biologia e Ciências. “Percebi grande interesse dos alunos na pesquisa e na transmissão de informações. Isso beneficia os pais, como um alerta”, definiu Sampaio, lembrando que há pelo menos seis anos a unidade de ensino promove eventos semelhantes na área da saúde.
 
 
 
 
Estadão

Leia Também

LIÇÕES DA BÍBLIA
Circuncidem seu coração
OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA