Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 18 de junho de 2021
Busca
Brasil

Alunos com deficiência sofrem com bullyng praticado por colegas

27 Jan 2010 - 14h14Por Portal da Educação

Bullyng é o termo utilizado para denominar “brincadeiras” que geram agressão física, verbal e moral. Muitas crianças e adolescentes sofrem com tais manifestações praticadas por colegas e muitas vezes ignoradas por professores ou responsáveis.

Porém, o maior problema é quando estas atitudes têm como alvo crianças e adolescentes com deficiência, já que estes possuem habilidade física ou emocional para lidar com a situação.

A maioria destas atitudes acontece devido à falta de informação sobre as deficiências, que geralmente são trazidas de casa acompanhadas de preconceito.

A psicóloga Sônia Casarin, diretora do S.O.S. Down (Serviço de Orientação sobre Síndrome de Down), em São Paulo, explica que é normal os alunos reagirem de maneira negativa em uma situação desconhecida. Segundo ela é papel do professor estipular limites para essas reações e buscar erradicá-las não pela imposição, mas por meio da conscientização e do esclarecimento.
Para a fonoaudióloga e tutora do Portal Educação, Carolina Cysne, algumas mudanças de comportamento e esclarecimento podem auxiliar para que a aceitação seja melhor. “Os alunos com necessidades especiais sofrem com preconceito em sala de aula, por isso é necessário profissionais capacitados para lidarem com a situação e saber conduzi-la da melhor forma possível”, diz a tutora.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NA MÚSICA
Cantora gospel que defendia tratamento precoce morre de Covid-19 após ter os pulmões comprometidos
VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América
FAMOSIDADES
Apresentador mostra fotos de viagens românticas com filha de Faustão e se declara
SEIS DIAS DE TERROR
Homem mata uma família e aterroriza moradores em seis dias de fuga deixando rastros de crimes
TRISTEZA E COMOÇÃO
Jovem engenheiro morre em acidente com moto e comove cidade
MUI AMIGO
Homem obriga mulher de amigo a fazer sexo oral e leva surra em delegacia
DOENÇA DO SÉCULO
Homem de 33 anos deixa carta de despedida e tenta pular de ponte
ABSURDO
Família registra boletim de ocorrência após vitima de covid ser sepultado em cemitério errado