Menu
SADER_FULL
domingo, 19 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Aluno apreendido por agredir professora e diretora em Dourados

2 Dez 2009 - 07h13Por Diário MS

A Guarda Municipal de Dourados continua atendendo vários tipos de ocorrências na cidade, com destaque para o reforço no patrulhamento escolar, que resultou em três abordagens de pessoas com posse ou consumindo drogas em imediações de estabelecimentos de ensino da cidade.

Na última semana, a Guarda Municipal foi solicitada para se deslocar até uma escola do Jardim Água Boa onde um aluno havia agredido a professora e a diretora com socos e chutes. Segundo a vítima, o aluno estava chutando a lixeira, quando a professora entrou na sala e, ao abaixar-se para colocar a lixeira no local acabou levando um soco no rosto e chutes nas pernas.

A professora, inconformada com a situação, foi até a direção solicitar a presença da diretora, que tentou dialogar com o aluno e também foi agredida da mesma maneira. O aluno, ainda não satisfeito, usou de uma caneta de metal e desferiu um golpe na altura do tórax da diretora, que conseguiu conter o mesmo e ligar para sua mãe. Diante dos fatos, acompanhado de sua mãe o estudante foi conduzido ao conselho tutelar para as providências cabíveis.

A intenção da Guarda Municipal em intensificar as rondas escolares no final do ano é para prevenir ações de violência na região escolar. Como o ano letivo das escolas está quase encerrado muitos alunos estão ansiosos para o final das aulas, porém, essa inquietação pode gerar casos de indisciplina e até mesmo atitudes de violência na escola. A maioria dos atendimentos, segundo o banco de dados da GM, aponta que a presença de pessoas estranhas em frente da escola, às vezes sem nada pra fazer no local, colaboram para a prática de alguns ilícitos na região. Com base nesses dados que as equipes da Ronda Escolar estão focadas para inibir essas aglomerações e prevenir atitudes violentas no recinto escolar.

Na sexta-feira passada, uma equipe da GM ao realizar a abordagem em um grupo de pessoas que estava em frente a uma escola, teve que deter dois jovens que “xingaram” e desacataram a guarnição e outros três que estavam, ou de posse de porções de drogas, ou fumando algum tipo de entorpecente, todos encaminhados à Polícia Civil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TSUNAMI NO BRASIL?
Brasil pode ser atingido por tsunami; entenda
SERPENTE
Rapaz de 18 anos é atacado por jararaca durante pescaria
TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões
LIÇÕES DA BÍBLIA
Uma rua de mão dupla
LATROCINIO
Dupla invade casa, tranca mulher e crianças em quarto e mata homem degolado