Menu
SADER_FULL
segunda, 25 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Alimentação correta pode evitar enxaqueca

2 Dez 2005 - 14h48

A enxaqueca está presente na vida de milhares de pessoas em todo o mundo. Uma dor forte, latejante, um peso, uma sensação como se a cabeça fosse explodir. Mas, hoje em dia já existem vários tratamento para esse mal, alguns são alternativos como florais, acupuntura e exercícios de ioga.

Os alimentos que causam enxaqueca: leite derivado, produtos industrializados que tenha aditivos, vinho, chocolate, alguns temperos, coca cola, guaraná, chá preto, chá mate, aspartame e até frutas cítricas podem causar enxaqueca.

Os alimentos que aliviam a dor: os alimentos ricos em magnésio e triptofano - um aminoácido que provoca o aumento de cerotonina, que dá aquela sensação de bem estar – encontrados em cereais integrais, verduras, castanhas, soja, água de coco com gengibre.

A dor de cabeça é mais rápida e não ocorre com freqüência. A enxaqueca é uma dor de cabeça freqüente que pode vir acompanhada de náusea e vômitos. A enxaqueca é considerada é uma doença, mas não chega a ser uma patologia.

A má alimentação pode ser um dos motivos da enxaqueca. Mas existem outros fatores, como a hipertensão, desequilíbrio emocional, stress crônico e agudo. A alimentação é muito importante quando o assunto é enxaqueca. Alguns produtos podem causar dor de cabeça e outros podem aliviar a enxaqueca.

 

TV Morena

Leia Também

LIÇÕES DA BÍBLIA
Circuncidem seu coração
OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA