Menu
SADER_FULL
quarta, 3 de junho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Alfabetização de condutores terá prazo de 5 anos

24 Mai 2010 - 17h12Por Dourados News
Os condutores analfabetos terão prazo de cinco anos para se alfabetizar. A decisão foi tomada no dia 18 de maio, pela 4ª Turma Civil do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS). O prazo para a alfabetização será contado a partir da renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MS) obedece a uma exigência do Código Brasileiro de Trânsito (CBT) de que o condutor seja alfabetizado para obtenção e renovação de CNH. Porém, alguns condutores possuem habilitação há mais de 25 anos (as antigas PGUs), quando não havia essa exigência.

Com a nova norma, o condutor que tirou carteira há mais de 25 anos vai renovar sua CNH normalmente, mas ele terá que se alfabetizar para renová-la novamente, depois de cinco anos. O objetivo é dar um prazo para o condutor regularizar sua situação e incentivar a alfabetização da população do Estado. (Com informações do Notícias.MS)

Deixe seu Comentário

Leia Também

COISA MEDONHA
Mulher é desenterrada e estuprada um dia após ser sepultada
DOURADOS - NOVO EPICENTRO COVID-19
Dourados é novo epicentro do coronavírus em MS com mais de 300 casos confirmados
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Caixa LIBERA 2ª parcela do auxílio de R$ 600 em contas dos beneficiários, veja os meses
ABSURDO
Médica relata ter sofrido agressões por parte de frequentadores de 'festas de corona'
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Menino de 9 anos, acidentalmente mata irmã de 7 anos com espingarda
TRAGEDIA NA RODOVIA
Mulher gravida e marido morrem e criança fica ferida em acidente trágico
PANDEMIA CORONAVIROS
Vai ser ''um massacre'', diz ex-diretor da Saúde sobre flexibilizar isolamento
BOA NOTICIA
Bolsonaro diz que auxilio emergencial pode ter quarta parcela, mas pagando menos
PRAZO MÁXIMO
Acordo prevê máximo de 20 dias para análise de auxílio emergencial
FÁTIMA DO SUL - BOLETIM CORONAVÍRUS
BOLETIM: Fátima do Sul tem mais 04 casos confirmados, sobe para 69 e tem 12 pacientes recuperados