Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 21 de junho de 2021
Busca
Brasil

Águia se supera e empata com o Naviraiense: 2 a 2

18 Mar 2010 - 10h12Por Waldemar Gonçalves - Russo
Numa verdadeira luta de titãs realizada na noite de ontem no estádio “Ninho da Águia”, em Rio Brilhante no jogo entre o Águia Negra e o CEN (Clube Esportivo Naviraiense), aonde no encontro entre as duas equipes houve vários ingredientes, a equipe da casa após estar perdendo por 2 a 0, se superou e buscou o empate e somente não saiu com a vitória, porque a bola chutada com violência pelo atacante Joari, explodiu na trave.


O ponto negativo deste clássico regional foi à tentativa de agressão ao árbitro João Lupato por parte de um dos dirigentes do “Águia Negra” ao término do 1º tempo, que de acordo com informações, ele seria o vice-presidente do clube.

O JOGO


Com relação ao jogo assistido por cerca de 700 pessoas segundo estimativa da PM (Polícia Militar), as duas equipes entraram em campo bem postadas, com o “Águia Negra” primando em buscar o gol, no entanto, recebia por parte dos jogadores do “Jacaré do Cone Sul” constantes e perigosos contra ataques.


E foi justamente em um destes contra ataques puxado pelo experiente meia direita Biro que o CEN abriu o placar aos 7 minutos de jogo, quando em uma sobra de bola dentro da área grande, Cristiano ajeitou a bola e chutou fraco, porém ela entrou ao gol após falha do bom goleiro Naldo.


Com o resultado adverso, os jogadores do “Águia Negra” passaram a ir ao ataque constantemente, porém ou eles paravam nas belas defesas de Aldo ou nas faltas por parte dos defensores aos olhos do árbitro, que antes mesmo de encerrar o 1º tempo aplicou três cartões amarelos para o setor defensivo dos naviraienses.


Com o fim da 1ª etapa, o clima esquentou, porém não foi entre os jogadores, mais sim, com a invasão de um dos dirigentes do “Águia Negra” que bastante irritado, a todo custo queria se aproximar do árbitro, provavelmente para agredi-lo, porém foi impedido pelos policiais militares que estavam no campo realizando a segurança do jogo.


Para a segunda etapa, o “Águia Negra” do técnico Douglas Ricardo voltou mais avançado com o objetivo de buscar o empate e porque não a virada do placar, no entanto, em mais um perigoso contra ataque, o meia esquerda Jean Batatais, o mais perigoso de todos os atacantes do CEN saiu da marcação, e de pé esquerdo mandou a bola no canto do goleiro Naldo, aumentando assim a vantagem da equipe visitante.


Perdendo por 2 a 0, o técnico do “Águia Negra” substituiu Iwata por Fabio Souza, e este na primeira vez que pegou a bola, desferiu uma bomba de fora da área, vindo a diminuir o placar. Vale ressaltar que neste gol, a bola antes de entrar no gol de Aldo ainda bateu no poste.


Com 2 a 1, e fazendo valer o ditado de que perdendo por um perdendo por 10, Douglas Ricardo colocou Joari no lugar do até então apático Tatico, com o objetivo de ganhar mais força no ataque, porém sempre correndo o risco de levar o terceiro gol nos sempre perigosos contra ataques dos jogadores naviraienses.

PRÓXIMOS ADVERSÁRIOS


Numa jogada feita pela direita, em bola parada, o “Águia Negra” com Roninho conseguiu o tão almejado empate. A bola foi alçada na área e o zagueiro subiu mais alto que Jaime e cabeceou sem chance para o goleiro Aldo.


Com o empate, o “Águia Negra” com calma mais aparente foi para cima do CEN em busca do gol da virada, porém novamente os atacantes eram sempre parados com faltas ou esbarravam nas defesas de Aldo, que inclusive recebeu cartão amarelo por fazer visíveis ceras” nas cobranças de tiro de meta.


Empurrado pela torcida, o ‘Águia Negra” ainda viu a bola explodir no poste esquerdo de Aldo, e acabou baixando o ímpeto de querer a vitória após o jogador Roninho ter se contundido há 12 minutos do final do jogo.


Como Douglas Ricardo já havia feito as três substituições, com Pablo entrando no lugar de Dioney, o momento foi de controlar a posse de bola até ao apito final da confusa arbitragem de João Lupato, que foi auxiliado por Adnilson da Costa Pinheiro e Murilo Charão de Souza. O 4º árbitro foi Neuri de Souza Carvalho.


O “Águia Negra” volta a jogar domingo em seu estádio numa revanche contra o perigoso Itaporã, que ontem venceu o Ivinhema no “Saraivão”. No jogo de ida entre as duas equipes no “Chavinha” o “Águia Negra” perdeu por 2 a 0, enquanto o CEN vai até Corumbá para enfrentar no sábado o Corumbaense às 19 horas no estádio Arthur Marinho.

OPINIÕES


Em contato com a reportagem, o artilheiro do CEN, Cristiano disse que o empate em que pese a sua equipe ter feito dois a zero no placar não foi um mal resultado. ! “Sinceramente...! Nos não acreditávamos que estávamos ganhando deles de 2 a 0. O primeiro gol deles foi fundamental para que viessem para cima da gente em busca do empate”, disse o centroavante acrescentando que a goleada sofrida contra o Santos abalou o plantel, mais que no entanto, eles estão unidos agora em busca de ir a final e conquistar o bi-campeonato estadual.


Para o técnico Paulo Rezende, o empate não era de todo mal para a sua equipe, no entanto, ele lamentou ceder o empate quando a sua equipe estava com dois gols de vantagem. “Quando marcamos o segundo gol, alertei meus jogadores que o Águia iria pra cima, e que aproveitassem os contra ataques para conter o ímpeto deles. Não deu, cedemos o empate, mais a luta continua”, disse Paulo Rezende.


Também contato com a reportagem, o capitão do ´”Águia Negra” Roberto disse que o resultado não foi todo mal, principalmente porque a sua equipe foi surpreendida pelo adversário. “A garra de nossa equipe deve ser vista com bons olhos por parte da crônica esportista e principalmente pelos nossos torcedores. Buscar um empate frente a uma aguerrida equipe como é o Naviraiense, mesmo jogando em casa não é fácil”, avaliou o capitão afirmando que o grupo está unido e que a meta deles é a de conquistar a vaga para as semifinais e por fim, conquistar o titulo deste ano para a cidade.


Outro que foi entrevistado, Douglas Ricardo, técnico do “Águia Negra” criticou a atuação do árbitro, que segundo ele assistiu os defensores do CEN bater em seus jogadores para impedir que eles fizessem os gols para a sua equipe. “Sinceramente. Não sou de criticar árbitro, mais o João Lupato deixou de expulsar no mínimo dois do nosso adversário, fazer o que né...?!”, disse o treinador.


Douglas Ricardo no entanto, credita o empate à vontade e a garra demonstrada dentro de campo pelos seus jogadores e pelo apoio da torcida que em momento algum deixou de acreditar na sua equipe. “Vamos agora descansar e amanhã já iniciar os trabalhos para pegar o Itaporã”, disse Douglas Ricardo acrescentando que o jogo do próximo domingo não está por parte dele e de seus jogadores encarado como uma revanche, já que eles perderam no jogo de ida no 1º turno.

FICHA TÉCNICA


O “Águia Negra” jogou com Naldo, magno, Roninho, Fabão, que recebeu cartão amarelo, e Amaral, Marcelo Tevez, Iwata depois Fábio Souza, Buiu, Dioney e Pablo, Tatico, Joari e Roberto.


O Naviraiense foi a campo com Aldo, Giovani, Jaime, Célio Lima, que recebeu amarelo, Adriano lage, Jean Carlos, Marcelo Castelli, que também foi punido com cartão amarelo, Biro depois Clécio, Jacó, Cristiano, Jean Batatais e depois Rudson.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Policial
Criança de 6 anos sofre trauma de crânio após cair de atração no Beto Carrero World
DOSE ÚNICA
Avião com 1,5 milhão de doses da Janssen chega amanhã, diz ministro
REAÇÃO CERTEIRA
Mulher flagra filha sofrendo estupro e esfaqueia pedófilo
VIOLENCIA DOMESTICA
Menina de 12 anos furta bisavô e leva 10 chibatadas da mãe por ordem do CV
MILIONÁRIO
Aposta única fatura prêmio de R$ 7 milhões da Mega-Sena
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa paga hoje 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em março
LUTO NA MÚSICA
Cantora gospel que defendia tratamento precoce morre de Covid-19 após ter os pulmões comprometidos
VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América