Menu
SADER_FULL
segunda, 19 de abril de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

AGU cassará liminar que autoriza operação de bingos em MS

6 Ago 2004 - 13h29
 

O advogado da União, Clênio Luiz Parizotto, informou que ainda vai avaliar o teor da decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que derruba as leis que autorizavam o funcionamento de bingos no Distrito Federal, mas já adiantou que cassará a liminar que está em vigor em Mato Grosso do Sul.

O advogado disse que entrará com um recurso de reclamação junto ao STF, em contrariedade às decisões em outras instâncias, que não sejam de primeira ou de segunda, autorizando o funcionamento das casas de bingo no Estado. “Só quem tem o poder de legislar sobre os bingos é a União”, explicou Clênio Parizotto.

O plenário do STF tomou ontem a decisão, por dez votos a um, numa Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) apresentada pela Procuradoria Geral da República contra quatro leis do Distrito Federal que autorizavam a loteria social.

Na semana que vem o advogado da AGU deverá fazer um levantamento para saber a realidade do funcionamento dos bingos em Mato Grosso do Sul e tomar uma providência.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIDEO CAPIVARA NA IGREJA
Capivara invade igreja: 'acho que ela veio rezar conosco', brinca Padre
BEBEDEIRA
Idoso conhece mulher, leva para casa é atacado a facadas
ROUBO DE CARGA
Três mil pessoas roubam carga de carne após carreta tombar e provocam novo acidente
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa credita 1ª parcela do Auxílio Emergencial nesta quinta para nascidos em maio
mulher carro beltrao 1 VIDEO
Mulher cai e fica ferida após ser flagrada em cima de carro em movimento
DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas
EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições