Menu
SADER_FULL
quinta, 4 de março de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Aeronáutica lança edital com 675 vagas para formação de sargentos

21 Mar 2011 - 11h00Por Uol

O Departamento de Ensino da Aeronáutica divulgou a abertura das inscrições para os exames de admissão ao estágio de adaptação e ao curso de formação de sargentos, com 675 vagas disponíveis, divididas em duas turmas para o ano de 2012.

Podem se candidatar jovens de ambos os sexos, solteiros, entre 18 e 24 anos (até 31 de dezembro de 2012) e com os ensinos médio e/ou técnico completos.

Estágio de adaptação

As chances são para as seguintes especialidades: eletrônica (67 vagas), administração (80), eletricidade (22), enfermagem (11), sistemas de informação (70), laboratório (4), edificações (14), radiologia (2), topografia (8), pavimentação (4) e música – flautim/flauta (2), trompete/flugelhorn (4), tuba/sousafone (6), lira/teclado (4), bateria/caixa-clara/ bombo/pratos (2).

Curso de formação

Os 96 postos do grupo I estão distribuídos entre as especialidades de eletricidade e instrumentos, equipamento de vôo, meteorologia, suprimento, informações aeronáuticas, cartografia e desenho. O grupo 3 tem outras 96 vagas em controle de tráfego aéreo. Nesses dois grupos podem se candidatar pessoas de ambos os sexos.

Já o grupo II conta com 173 oportunidades, abrangendo as áreas de comunicações, estrutura e pintura, foto-inteligência, mecânica de aeronaves, material bélico, eletromecânica, guarda e segurança e metalurgia e são apenas para candidatos do sexo masculino.

O estágio de adaptação e o curso de formação serão realizados na Escola de Especialistas da Aeronáutica (EEAR), em Guaratinguetá (SP), com duração de 21 semanas e dois anos, respectivamente. Durante o curso, os alunos têm direito a remuneração em torno de R$ 660, alimentação, alojamento, fardamento, assistência médico-hospitalar e dentária.

Depois de formados os militares serão distribuídos em diversas localidades do território nacional e passam ao posto de terceiro-sargento, com salário de aproximadamente R$ 2.268.

Como se inscrever

As inscrições estarão abertas das 10h de 23 de março às 15h de 14 de abril pelos sites www.fab.mil.br ou www.eear.aer.mil.br com pagamento da taxa no valor de R$ 60.

Terão direito à isenção apenas os inscritos no CadÚnico que forem membros de família de baixa renda. Para isso os candidatos devem preencher o requerimento no site das inscrições de 23 a 29 de março.

Etapas

O concurso será composto pelas seguintes etapas: exame objetivo de escolaridade e conhecimentos especializados; inspeção de saúde; exame de aptidão psicológica; teste de condicionamento físico; prova prática de especialidade; e análise da documentação.

A primeira prova para o estágio está marcada para 5 de junho, às 9h e para o curso no dia 12 de junho, também às 9h.

Os exames poderão ser realizados em Belém (PA), Fortaleza (CE), Recife (PE), Salvador (BA), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP), São José dos Campos (SP), Campo Grande (MS), Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), Brasília (DF) e Manaus (AM).

A turma 1 terá inicio em fevereiro e a turma 2 em julho de 2012.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLENCIA DOMESTICA
Vítima de violência doméstica escreve bilhete com pedido SOS em agência bancária: 'Ele tá ai fora'
ALERTA AO CPF
Confira se o seu CPF foi usado de maneira IRREGULAR por desconhecidos
VAMOS PREVENIR
Igreja Adventista vota documento com orientações sobre cultos e reuniões
ALERTA AOS JOVENS
O que está por trás da alta das internações de jovens com covid
BRASIL EM PÂNICO
Brasil tem novo recorde de mortes por covid em 24 horas: 1.910
100 TRÉGUA
Brasil registra 1.726 mortes em 24 horas e bate novo recorde na pandemia; total chega a 257,5 mil
EXECUÇÃO NA MADRUGADA
Dona de bar é degolada e corpo encontrado nos fundos do estabelecimento
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Filho de fazendeiro reclama de dor anal e mãe descobre estupro cometido por funcionário
BOA NOTICIA
Governo zera PIS e Cofins do diesel e do gás de cozinha
RIGOR DA LEI
Cidade vai multar em até R$ 60 mil quem descumprir decreto de combate ao Covid-19