Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 20 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Advogado alega legítima defesa em caso de PF que matou policial militar

12 Mai 2011 - 11h00Por Campo Grande News

Advogado do policial federal Leonardo de Lima Pacheco alegará legítima defesa sobre assassinado do policial militar Sandro Morel, no domingo passado, em Dourados.

Felipe Cazuo Azuma entrou no dia 10 com pedido de relaxamento de prisão, que ainda não foi julgado.

Leonardo foi preso em flagrante, depois de matar o PM e balear outro policial, José Pereira de Souza.

Segundo a defesa, o agente federal ficou surpreso ao se deparar com Sandro e achou que ele era um “delinquente” que invadiu seu apartamento no Condomínio Indaiá.

Uma das versões para o dia do crime é que Leonardo havia convidado a guarda municipal Zilda Ramires para ir até a casa dele, por acreditar que a mulher era garota de programa.

Sexo seria pago com drogas, o que o advogado garante que não existia no apartamento do policial federal.

Ao site Dourados News, Azuma lembrou que o PM morto “sem a devida comunicação ao seu superior, e pior, sem estar munido de mandado judicial para tanto, adentrou na residência de Leonardo e desta forma comprova-se que a incursão de Sandro no apartamento foi ilegal”.

A defesa alega também que Leonardo “goza de alto prestigio entre seus colegas de profissão”, possui residência fixa e nunca cometeu crimes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

tratamento precoce prefeito curitiba 100 TRATAMENTO
"Estão no Cemitério", diz prefeito de Curitiba sobre pessoas que usaram tratamento precoce Covid-19
A CASA CAIU
Mulher invade casa e flagra namorado fazendo sexo com outra; veja vídeo
LINHA DE FRENTE
'Ele lutou até o final', diz irmã de médico de 28 anos, após quase um mês morreu de Covid-19
SEU BOLSO
Litro da gasolina sobe R$ 0,15 nas refinarias da Petrobras
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Na calada da noite, namorado da avó estupra criança de 12 anos e é espancado por vizinhos
CONCURSO PÚBLICO
Concurso da Aeronáutica somam com as 21 mil vagas em outros concursos que a semana oferece
DEU RUIM
Jovem é atingido por raio enquanto usava celular no banheiro
PROVA DO ENEM
Confira as medidas de segurança durante a prova do Enem
SAIU O EDITAL
Com salário de até R$ 23,6 mil, Polícia Federal abre inscrição em concurso no dia 22
DESESPERO EM MANAUS
Médicos e familiares de pacientes descrevem colapso com falta de oxigênio em Manaus; leia relatos