Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 21 de junho de 2021
Busca
DOURADOS

Adolescente e comerciante são assassinados a facadas em Dourados

21 Out 2009 - 07h01Por Diário MS

Além da região de fronteira, Dourados também continua registrando casos frequentes de violência. Ontem, o corpo de um adolescente foi achado em uma propriedade rural nas imediações da Aldeia Bororó e, no final da tarde, um comerciante foi ferido durante provável tentativa de assalto no Jardim São Pedro e morreu no Hospital da Vida, para onde havia sido socorrido.

O crime contra o comerciante aconteceu pouco antes das 18h, quando o corpo de Gonçalves Arnulfo da Silva, de 58 anos, proprietário do Mercadinho Preço Baixo, localizado na esquina das ruas Bela Vista com Monte Castelo, foi achado nos fundos do comércio, sobre um colchão.

Gonçalves apresentada dois ferimentos provocados por golpes de arma branca, provavelmente faca, no pescoço. Ele foi socorrido por uma equipe do Corpo de Bombeiros à unidade hospitalar, mas morreu antes mesmo de receber atendimento médico, em razão dos ferimentos profundos provocados pelos golpes.

De acordo com familiares de Gonçalves, na semana passada, o comerciante havia sido vítima de roubo, quando assaltantes invadiram o mercadinho e, mediante ameaças, roubaram R$ 150,00 em dinheiro que estavam no caixa do estabelecimento comercial.

A um amigo, o comerciante havia confidenciado na semana passada que não agüentava mais ser assaltado e que no próximo assalto, reagiria, sendo desaconselhado pelo conhecido, ouvido ontem pelo Diário MS.

A Polícia Militar foi acionada e chegou primeiro ao local, realizando buscas, mas sem identificar, até o início da noite, o autor ou autores do crime. A Polícia Civil vai instaurar inquérito policial para apurar o crime de latrocínio de que foi vítima Gonçalves.

RESERVA

A violência também continua frequente na Reserva Indígena de Dourados, como comprova mais um assassinato entre os indígenas, desta vez tendo como vítima novamente um adolescente de 17 anos de idade, Juvenildo Ortiz Cabreira Pontes, cujo corpo foi achado no início da tarde de ontem em uma propriedade rural nas imediações da Aldeia Bororó.

O adolescente apresentava ferimentos de faca nas costas, pescoço e no tórax e estava desaparecido desde sábado, segundo informou seu pai, Teodoro Ortiz Pontes, de 50 anos, à Polícia. Ele acrescentou que o filho vinha recebendo ameaças dentro da própria aldeia há cerca de dois meses.

O corpo do adolescente estava em adiantado estado de decomposição, o que levou os policiais que efetuaram o levantamento do crime a concluir que tenha sido assassinado na data de seu desaparecimento. Ele foi visto pela família com vida pela última vez às 15h de sábado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Policial
Criança de 6 anos sofre trauma de crânio após cair de atração no Beto Carrero World
DOSE ÚNICA
Avião com 1,5 milhão de doses da Janssen chega amanhã, diz ministro
REAÇÃO CERTEIRA
Mulher flagra filha sofrendo estupro e esfaqueia pedófilo
VIOLENCIA DOMESTICA
Menina de 12 anos furta bisavô e leva 10 chibatadas da mãe por ordem do CV
MILIONÁRIO
Aposta única fatura prêmio de R$ 7 milhões da Mega-Sena
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa paga hoje 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em março
LUTO NA MÚSICA
Cantora gospel que defendia tratamento precoce morre de Covid-19 após ter os pulmões comprometidos
VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América