Menu
SADER_FULL
sábado, 5 de dezembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

Adesão à greve dos bancários mantida em 60% em MS

30 Set 2004 - 08h49
O Sindicato dos Bancários de Campo Grande na atrde de ontem, que apesar de adesão de apenas 60% da categoria, a greve continua por tempo indeterminado na Capital. Conforme o vice-presidente do sindicato, José dos Santos Brito, apesar das liminares exigindo o funcionamento, enquanto durar a paralisação, o atendimento ao público, continuará sendo feito precariamente. Quanto à determinação da justiça de São Paulo de exigir que a categoria volte ao trabalho, Brito disse que nenhuma decisão nesse sentido foi tomada no município.


O que os trabalhadores de bancos públicos e privados querem é reajuste de 25%, além de gratificação fixa de R$ 30,00 para os trabalhadores que recebem até R$ 1,5. A Fenaban (Federação dos Bancos) oferece 8,5% de reajuste.

 

 

Grande FM


Deixe seu Comentário

Leia Também

VEJA VÍDEO
Tornado aterroriza habitantes de cidade do Paraná
LUTO NA TV
Morre o humorista Rodela, do Programa do Ratinho, aos 66 anos de Covid-19
VACINA COVID 19
Brasil recebe 1 milhão de doses da vacina contra Covid-19
ABSURDO
PMs flagram carro balançando e descobre casal transando na frente de criança
DOENÇA DO SÉCULO
Desespero na Madrugada: Avó encontra miss morta nos fundos de casa e 'tenta salvar vítima'
PANDEMIA AVANÇA
Brasil segue com média móvel de mortes por Covid acima de 500; total de óbitos passa de 174,5 mil
COPA DE 94
'Bebê do Tetra', na Copa de 94, filho do jogador Bebeto é pai pela primeira vez
VITIMA DA COVID 19
Rosane Gofman pede orações para a atriz Nicette Bruno, internada com Covid-19
EXECUÇÃO NA NOITE
Adolescente é chamado no portão de casa e morto a tiros em MT
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Auxílio emergencial é confirmado com valor médio de R$ 688; veja como e quem recebe