Menu
SADER_FULL
segunda, 8 de março de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Acusado de matar taxista disse que só queria roubar e pede desculpas

1 Jun 2011 - 06h48Por Campo Grande News

Acusado de roubar e matar o taxista Silas Soares Leite, de 60 anos, no dia 3 de dezembro de 2010, Adenilso Canteiro da Silva, de 22 anos, o “Brinquinho”, disse, nesta terça-feira, que apenas queria levar o carro. Preso por furto em Rio Brilhante, ele foi transferido hoje para Dourados (230 km de Campo Grande, na região Sul do Estado).

“Brinquinho” afirmou que não sabia que Silas tinha morrido com o golpe de faca e pediu perdão à família do taxista. Ele disse também não saber que o taxista era "um pai de família".

Conforme o site Dourados News, em depoimento à polícia, ele afirmou que matou porque o taxista reagiu.

O acusado de latrocínio (roubo seguido de morte) mora em Rio Brilhante. Na versão da polícia, ele foi até Dourados para visitar um parente, quando resolveu roubar o veículo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRISTEZA E COMOÇÃO
Vitimas da Covid-19, pai e filho são sepultados no dia
AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio emergencial: valores serão de R$ 175, R$ 250 e R$ 375, diz Guedes
SOS MATO GROSSO
Mato Grosso anuncia colapso e pede socorro, mas estados dizem que não têm vaga para ajudar
ELEGIVEL
Fachin anula condenações de Lula e petista volta a ser elegível
100 CONTROLE
Petrobras aumenta preços e gasolina pode atingir R$ 6 em Campo Grande
100 UTI = OBITO
Ministério da Saúde prevê 3 mil mortes por dia por covid-19 nas próximas duas semanas
TRISTEZA NA FAMILIA
'Não tem UTI,amo vcs':a história por trás do tuíte viral que revela mensagens de mãe morta por covid
DISPARO ACIDENTAL
Assessor em fazenda do cantor Leonardo morre vitima de tiro acidental
VIOLENCIA DOMESTICA
Vítima de violência doméstica escreve bilhete com pedido SOS em agência bancária: 'Ele tá ai fora'
ALERTA AO CPF
Confira se o seu CPF foi usado de maneira IRREGULAR por desconhecidos