Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 17 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Acadêmicos se mobilizam pelo professor acusado de racismo

22 Set 2004 - 14h37

Um grupo de mais de 100 alunos da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) em Nova Andradina está se mobilizando através de um abaixo-assinado em favor do professor de Física Acriano Manoel dos Santos, recentemente acusado por um universitário de Ivinhema, de racismo. O aluno fez a acusação porque o professor estaria contanto piadas sobre negros, homosexuais e índios em sala de aula.

As alunas Leia Alves e Marilucia Vieira, que integram a comissão pelo professor, disseram esta manhã que em nenhum momento houve denúncia contra o professor em unidade de Nova Andradina, diferente do que vinha sendo veiculado pela mídia. De acordo com elas, o professor não teria feito brincadeiras que pudessem atingir a moral de alguém e as acadêmicas também reclamam de os alunos de Nova Andradina não terem sido ouvidos no caso. Os acadêmicos pretendem encaminhar moção de apoio ao professor aos órgãos competentes do Estado.

 

 

 

 

 

 

Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões
LIÇÕES DA BÍBLIA
Uma rua de mão dupla
LATROCINIO
Dupla invade casa, tranca mulher e crianças em quarto e mata homem degolado
SAQUE EMERGENCIAL
Caixa cria calendário para liberar nova rodada de dinheiro do FGTS
TRAGEDIA AÉREA
Acidente aéreo mata sócio da Raizen e outras seis pessoas