Menu
ASSEMBLEIA DEZEMBRO 2021
sexta, 3 de dezembro de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Abertura de empresas aquece economia no MS

5 Dez 2009 - 11h01Por TV Morena

 

O número de empresas abertas, em novembro deste ano em Mato Grosso do Sul, foi o maior dos últimos nove anos. Um cenário animador, depois de um período de incertezas no mercado mundial.

O momento é bom, mas é preciso ter cautela. Para ter sucesso no ramo empresarial vários fatores devem ser levados em consideração. No mês passado, em novembro, 121 empresas fecharam as portas em Mato Grosso do Sul, de acordo com dados da Junta Comercial. Número menor que o do mesmo período do ano passado. Em 2008, 130 empresas fecharam.

Supermercado novo, lojas novas por toda parte. Economia aquecida, a crise passou longe de Mato Grosso do Sul. O estado que vem investindo em diversificação da matriz econômica ampliou as possibilidades para quem sempre sonhou ser dono do próprio negócio. A confirmação está no número de novas empresas abertas na junta comercial do Estado.

“Mais dinheiro no mercado, mais demanda, mais necessidade de oferta. Ao se exigir mais necessidade de oferta, aparecem novos empresários, novos empreendedores, oferecendo aquilo que ele acha que a demanda exige”, Wagner Bertolli, presidente da Junta Comercial.

Em 2009 até agora foram abertas 7.293 novas empresas no Estado. A expectativa é que ao final do ano, a abertura de novas empresas bata todos o recorde da década. A boa notícia é que o número de empresas que fecharam as portas está menor que no mesmo período do ano passado. Até agora 1.258 empresas fecharam, em todo o ano de 2008 o número passou de 1.600.

Os 18 escritórios da Junta Comercial no estado tem registrado a consolidação de núcleos de crescimento. impulsionadas por tres lagoas, cidades do bolsão pegam carona no desenvolvimento. chapadão do sul também tem virado referência e atrai investimentos. em geral os setores de varejo e serviços são os que mais crescem.

Outra informação que mostra a confiança do investidor na economia de Mato Grosso do Sul é a abertura de filiais. Só esse ano foram 1.195. Os especialistas dizem que é o resultado da busca de novos mercados.

Mas para quem se aventura a ser o próprio patrão precisa ficar atento. Não é só registrar a empresa na Junta Comercial, contratar funcionários e abrir as portas. Tem de tomar alguns cuidados.

“Faça cálculos, veja o cenário, avalie bem antes de começar qualquer negócio porque pode ser que não seja fácil quanto pareça”.

Pesquisar o mercado, saber se o local onde você vai abrir a empresa tem espaço e clientes para o produto que você vai vender.

Conhecer as leis de zoneamento antes de alugar ou comprar um imóvel comercial. É preciso saber se a atividade que você pretende exercer é permitida naquela área. Conhecer a legislação ambiental para saber se sua atividade provoca impactos e se preparar para administrar, ter orientação contábil e de gestão, respeitar as leis trabalhistas. Nunca esquecer do treinamento dos funcionários.

Nícia é empresária. Começou no ramo de bijuterias, passou para o vestuário e acabou de abrir mais uma loja, dessa vez uma franquia de meias. Ela diz qual o segredo para se manter no mercado sem perder todo o investimento.

“Nós procuramos sempre fazer um planejamento antecipado, fazer uma pesquisa de mercado, sempre procuramos franquias idôneas, franquias que a gente sabe que estão dando certo em outros lugares. A gente planeja muito e faz muita pesquisa antes de escolher um novo negócio”, Nícia de Brito, empresária.

Leia Também

ABUSO DE AUTORIDADE
PM arrasta homem negro algemado em moto; "Como na escravidão", diz gravação
REVOLTANTE
Índia de 13 anos violentada pelo avô busca ajuda e acaba estuprada por 4 em unidade saúde
DOENTIO
Mulher descongela geladeira e encontra corpo de bebê escondido em sacola
PONTE BIOCEÂNICA
Ponte Bioceânica vai ganhar nova data de lançamento; Bolsonaro e Marito participam
AÇÕES DO GOVERNO MS
Com estados da região Sul, Azambuja quer integração ferroviária e união para redução de carbono
PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança
TRAGÉDIA NA LINHA DO TREM
vítima comemorou aniversário do marido um dia antes de morrer com a filha em acidente com trem
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio