Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 28 de novembro de 2021
Busca
Brasil

Abate de bovinos cresce 10,9% em MS no 3º trimestre

22 Dez 2009 - 08h32Por Diário MS
A Estatística da Produção Pecuária do IBGE aponta um crescimento do abate de bovinos em Mato Grosso do Sul de 10,9% no 3º trimestre, em relação ao 2º trimestre deste ano. O Estado registrou o terceiro melhor desempenho no Brasil, perdendo apenas para Mato Grosso (15,4%) e São Paulo (12,2%).
Em MS foram abatidos nos meses de julho, agosto e setembro 787.402 cabeças de bovinos, ficando em terceiro lugar no país. Isto é equivalente a 10,9% de todo o abate nacional nos três meses, que foi de 7,213 milhões de cabeças. O Estado que mais abateu foi o vizinho Mato Grosso, com 1,108 milhão de cabeças, o equivalente a 15,36% da produção nacional. O segundo maior abatedor é São Paulo, com 878.358 cabeças.
No geral, no Brasil, no 3º trimestre de 2009 houve um aumento de 4,6% no número de bovinos abatidos, na comparação com o 2° trimestre do mesmo ano. Na comparação com o mesmo trimestre de 2008, registrou-se elevação de 1,0%. Os dados confirmam a expectativa de recuperação do setor, segundo o IBGE.
O aumento de animais abatidos decorre principalmente do aumento do consumo no mercado interno. No 3º trimestre, segundo o IBGE, grandes grupos do mercado de carnes adquiriram plantas que foram fechadas por conta da crise internacional, principalmente nos estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.
Segundo o Cepea/Esalq, o indicador de preços do boi gordo iniciou o período em leve queda, que se acentuou em agosto. Apenas na segunda quinzena de setembro houve recuperação – parcial – dos preços.

FRANGO

O abate de frangos também registrou altas na comparação com o 2º trimestre (+8,5%) e o 3º trimestre de 2008 (+1,4%) no Brasil. Mato Grosso do Sul abateu no trimestre 34,365 milhões de cabeças de frango, o equivalente a 2,71% do total nacional, que foi de 1,266 trilhão de aves. A região Sul concentrou 60,5% do abate de frangos, com destaque para o Paraná, com 331,223 milhões de cabeças, o equivalente a 26,1% do total do país. O segundo maior abatedor de frango foi Santa Catarina, com 236,619 milhões de cabeças.

SUÍNOS

MS abateu 222.380 suínos no terceiro trimestre. Isto significa 2,74% do abate nacional, que foi de 8,103 milhões de cabeças. O Sul também se destacou no abate de suínos, com 68,2%. O total abatido no país foi de 8,103 milhões de cabeças. O abate de suínos cresceu 6,8% do 2º para o 3º trimestre e 10,4% em relação ao 3º semestre de 2008.
O resultado consolida a trajetória de crescimento desse produto, segundo o IBGE, mesmo em um ano com crise financeira e o surgimento da gripe suína. O peso total das carcaças abatidas ficou em 770,404 mil toneladas, altas de 14,8% em relação ao 3º trimestre de 2008 e de 5,4% na comparação com o 2º trimestre. Já o peso médio do suíno abatido ficou em torno de 95 quilos.

LEITE

As indústrias de Mato Grosso do Sul compraram no 3º trimestre 47,657 milhões de litros de leite, equivalente a 0,97% da aquisição nacional. A produção de leite de MS é muito pequena, se comparado com grandes Estados, como Minas Gerais, o maior produtor, com 1,266 bilhão de litros, equivalente a 25,84% da produção nacional. O segundo maior produtor é Goiás e o terceiro o Paraná.
A aquisição de leite no Brasil somou 4,898 bilhões de litros, 4,7% acima do registrado no mesmo período do ano anterior e 14,1% acima do 2º trimestre. Os preços internos do leite e seus derivados caíram no 3º trimestre de 2009 em todas as praças investigadas, segundo dados do Cepea/Esalq. A causa principal desta queda foi o aumento da produção em decorrência do fim do período de entressafra.

OVOS

A produção de ovos de galinha cresceu 14,3% em MS, passando de 20.859 dúzias no terceiro trimestre de 2008 para 23.848 dúzias no 3º trimestre deste ano. No Brasil, manteve-se crescente no 3º trimestre, somando 637,064 milhões de dúzias, com alta de 10,5% na comparação com o 3º trimestre de 2008 e de 9,7% ante ao trimestre anterior. São Paulo foi o maior produtor nacional (32,3% da produção). Os estados de Mato Grosso e Amazonas apresentaram aumentos significativos na produção de ovos de galinha no 3º trimestre.

COURO

No 3º trimestre Mato Grosso do Sul produziu 11,69% da produção nacional de couros cru. O Estado comprou 2,921 milhões de unidades, quase a totalidade de frigoríficos. No Brasil houve a aquisição de 24,728 milhões de peças de couro inteiro de bovino. A principal origem do produto foram os matadouros frigoríficos (61,0%). Juntos, São Paulo, Mato Grosso, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul adquiriram 58,1% do total nacional. São Paulo é o maior comprador.
 

Leia Também

# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio
PÂNICO NO AEROPORTO
Vídeo mostra passageiros gritando e muito desespero em avião da Azul; veja
EMBOSCADA
Jovem morre após ser atingida por tiro na cabeça
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid -19 casos sobem para 22,043 milhões e mortes, para 613,3 mil
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Menina de 11 anos conta para avô que é estuprada pelo padrasto
CRUELDADE
Justiça nega exame de insanidade a mulher que esquartejou filho
MANIACO SEXUAL
Homem é filmado passando a mão em mulher no meio da rua
+ AUMENTO
Conta de luz deve subir mais de 20% no ano que vem, estima ANEEL
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil tem 10,3 mil casos e 284 mortes em 24 horas