Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 21 de outubro de 2021
Busca
Brasil

5,2 mil PMs vão garantir segurança no dia das eleições

21 Set 2006 - 13h00
 

A partir da próxima terça-feira (dia 26) até a apuração final dos votos, a PM (Polícia Militar) vai intensificar o policiamento tático ostensivo em todo o Estado, numa operação especial para estas eleições 2006.

Ao todo cerca de 5.200 policiais militares farão a fiscalização em todo o território de Mato Grosso do Sul, garantindo a segurança das eleições, num esforço conjunto de policiais da Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais), Rotai (Ronda Ostensiva Tática do Interior), que fará o policiamento no interior do Estado, PMA (Polícia Militar Ambiental) e PRE (Polícia Militar Rodoviária Estadual), que fiscalizarão o transporte de eleitores nas rodovias federais e estaduais, além dos policiais do serviço reservado que também deverão fazer a segurança nas ruas.

Segundo o capitão Paulo Xavier da Polícia Militar, para intensificar as ações policiais nos dias que antecedem a eleição e no próprio dia do pleito, serão colocados nas ruas, todos os policiais que compõem o setor administrativo da PM, que serão convocados para fazer ronda ostensiva pelas cidades sul-mato-grossenses. O capitão salientou ainda a importância do policiamento na véspera das eleições, principalmente cinco dias antes, período no qual a incidência de crimes eleitorais, como a compra de votos, são intensificados.

Uma equipe da Polícia Militar também ficará de prontidão no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) para apurar as denúncias de irregularidades na eleição. O capitão salientou ainda que os cerca de 700 policiais militares que fazem a segurança dos presídios do Estado permanecerão em seus postos, garantindo a ordem dos presos no período da eleição.

“Não podemos retirar os soldados das unidades penais, porque este é um serviço essencial que não pode ser abandonado, ainda mais em datas críticas como a eleição, onde os ânimos ficam exaltados e aumentam a possibilidade de motins e tentativas de fuga”. Os policiais estão fazendo a guarda nos presídios substituindo a segurança que era feita pelos soldados da Força Nacional, que deixaram Mato Grosso do Sul no mês passado.

 

 

Mídia Max

Leia Também

VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro
AUXILIO EMERGENCIAL
Presidente está de acordo a prorrogação do auxílio emergencial
TRAGICO ACIDENTE
Menino de 9 anos morre enforcado com corda de balanço