Menu
SADER_FULL
domingo, 16 de maio de 2021
Busca
Brasil

4,7 mil contribuintes do Estado caem na “malha” da Receita

13 Dez 2004 - 15h57

Dos cerca de 220 mil contribuintes que declararam imposto de renda em Mato Grosso do Sul, 4.754 ficaram retidos na malha da Receita Federal. Somente em Campo Grande, dos 4.026 contribuintes que tiveram algum tipo de irregularidades nas declarações do IR, e destes, 2.895 foram enquadrados com problemas na malha fiscal, passíveis de fiscalização e de terem auto de infração lavrado.

Conforme o delegado substituto da Receita Federal, Roberto Silva Júnior, somente os que caíram na malha fina, somando-se aos que tiveram restrições nos anos de 2002 e 2003, o total chega a 7.492 pessoas. Os dados referem-se aos contribuintes que possuem domicílio na área de competência do órgão em Campo Grande.

Em relação ao exercício de 2002 caíram na malha fina 2.201 contribuintes, enquanto em 2003 foram 2.376 contribuintes. Todos serão chamados pela Receita Federal para que regularizassem a situação. O delegado esclarece que o volume de trabalho é responsável pelo acumulo de trabalho.

Dos 4.025 contribuintes que incidiram incidência em malha, 52 foram enquadrados na malha cadastro, em que apresentaram problemas de preenchimento de dados e outros 1.078 na malha débito. Neste caso, o contribuinte apura o crédito a restituir para que seja debitado da dívida anterior.

Roberto Silva explicou que não se pode avaliar se em todos os casos foram encontrados indícios de ilegalidade na declaração do Imposto de Renda, mas, por exemplo, serão verificados os dados fornecidos sobre despesa médica ou rendimentos. Se não for encontrado qualquer problema, a Receita Federal libera a restituição, acrescida de juros corrigidos pela Selic. (taxa básica).

Na regional de Dourados, segundo o auditor fiscal da Receita Federal Osvaldo Akira Kato, ficaram retidos em malha 1.097 contribuintes e, desse total, 729 em malha fina. A regional engloba municípios como Nova Andradina, Maracaju, Mundo Novo, Rio Brilhante, Naviraí e Ivinhema.

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada