Menu
SADER_FULL
terça, 20 de abril de 2021
Busca
Brasil

170 armas já foram entregues à PF no Estado

23 Jul 2004 - 07h30
O governo federal está oferecendo dinheiro para quem entregar armas de fogo, como parte da campanha de desarmamento iniciada no fim da semana passada. Nesta primeira semana do início da campanha, só em Campo Grande foram entregues 170 armas, de vários tipos e calibres. Os donos vão receber, dentro de 30 dias, a partir da devolução, valores que variam entre R$ 100,00 e R$ 300,00.

A orientação da Polícia Federal para quem tem uma arma e quer devolver é que a pessoa primeiro pegue uma guia para poder andar com o objeto. Essa medida evita que a pessoa seja presa por porte ilegal. Isso por que o estatuto do desarmamento agora restringe o porte a pessoas que trabalham na área de segurança ou que estejam sofrendo ameaça à integração física.

Uma portaria baixada ontem prevê que outros órgãos possam receber as armas, entre eles a polícia civil dos estados. Para isso, é preciso que seja firmado um convênio entre a Polícia Federal e essas entidades. Em Mato Grosso do Sul, ainda não há qualquer definição nesse sentido.
 
Bom Dia MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

VITIMA DA COVID 19
Vídeo: enfermeiro que receitava cloroquina se passando por médico morre de Covid-19
OS AMORES DO REI
Roberto Carlos teve três casamentos, paixões secretas e perdas em seus 80 anos
JUVENTUDE EM ALERTA
Covid: Variante acelera intubação de jovens e SP orienta procurar ajuda no 1º dia de sintomas
ATAQUE CANINO
Pit bull mata criança de 2 anos e deixa o irmão dela ferido
VIDEO CAPIVARA NA IGREJA
Capivara invade igreja: 'acho que ela veio rezar conosco', brinca Padre
BEBEDEIRA
Idoso conhece mulher, leva para casa é atacado a facadas
ROUBO DE CARGA
Três mil pessoas roubam carga de carne após carreta tombar e provocam novo acidente
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa credita 1ª parcela do Auxílio Emergencial nesta quinta para nascidos em maio
mulher carro beltrao 1 VIDEO
Mulher cai e fica ferida após ser flagrada em cima de carro em movimento
DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas