Menu
SADER_FULL
terça, 11 de maio de 2021
Busca
Brasil

14 municípios querem exportar para a união européia

18 Ago 2004 - 14h47
Mato Grosso do Sul tem um rebanho bovino estimado em 24 milhões de cabeças. O maior do país. Mas um terço - quase oito milhões - está vetado para o mercado europeu. É que esse gado está em quatorze municípios que ainda não tem o aval das autoridades sanitárias da união européia para exportação. Um veto que está sendo questionado, agora, pelos produtores.

Em entrevista ao Bom Dia Ms, o presidente do Sindicato Rural da Capital, Rodolfo Vaz Carvalho, disse que há alguns anos estes municípios atingiram metas para exportação e a classe produtora vem pleiteando a vinda da missão européia para fiscalizá-los e liberá-los .

Para o presidente, os municípios têm as condições ideais de fiscalização sanitária e de rebanho. Carvalho afirmou que os produtores ficaram indignados recentemente quando a missão européia esteve no Brasil e não veio ao estado.

A solução foi encontrada em reunião do Dia do Homem Pantaneiro, em Corumbá, que disse que poderia fazer uma missão junto com representante do Ministério da Agricultura. A intenção é que os produtores rurais do Estado sigam para Bruxelas para conversar e negociar a vinda da missão européia especifica no Estado.

Os produtores aguardam agora oficialização do convite. Rodolfo Vaz Carvalho afirmou que a região dos 14 municípios tem 1/3 do rebanho no Estado e se tivesse abertura para a exportação poderiam até ter frigoríficos credenciados, pois a Europa é o maior mercado comprador da carne de Mato Grosso do Sul.
 
RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto