Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 14 de novembro de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
TURISMO

Sul-mato-grossense vai poder gastar um pouco mais na viagem ao Paraguai

O limite de compras para quem cruzar a fronteira com o Paraguai via terrestre saltará dos atuais US$ 300 para US$ 500 por pessoa

29 Out 2019 - 16h25Por Campo Grande News

O limite para compras em lojas do Paraguai para quem for de carro ou de ônibus ao país vizinho passará dos atuais US$ 300 para US$ 500, por pessoa, a partir de 1º de janeiro de 2020. A medida do Governo Federal, já publicada no Diário Oficial da União, só vale para os brasileiros que cruzarem a fronteira via terrestre.

Se você fizer compras em Pedro Juan Caballero ou qualquer outra cidade do Paraguai e cruzar de volta a fronteira de carro ou a pé, sua cota por pessoa será de US$ 500. É o caso dos campo-grandenses e demais sul-mato-grossenses que vão às compras de produtos importadores em lojas da fronteira.

Mas a cota será de US$ 1 mil (por passageiro) se você esticar a viagem até Assunção e retornar de avião via Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP), por exemplo, e fizer compras em lojas francas, conhecidas como free shops, que vendem produtos livres do IPI (Imposto de Importação, do Imposto sobre Produtos Industrializados) e do recolhimento de PIS/Pasep-Importação e Cofins-Importação.

Isso porque o governo federal elevou também o limite de compras dos brasileiros nos free shops dos aeroportos e portos do país. Hoje nesses locais é permitido gastar US$ 500, mas o valor será alterado para US$ 1 mil a partir de primeiro de janeiro de 2020.

Neste caso é importante destacar que a medida vale somente para as compras feitas em lojas de zonas francas dos portos e aeroportos do Brasil no retorno de viagem. Para as compras feitas no exterior e trazidas na bagagem para o território brasileiro, o valor continua sendo US$ 500.

Entenda - Cota ou limite de isenção são termos diferentes que significam a mesma coisa. Você poderá trazer do exterior uma cota ou limite de isenção, que é o valor total permitido sem necessidade de pagamento de impostos, desde que seja para consumo próprio e não para comércio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - MOTOCLUBE
Fátima do Sul na rota das Motos com reuniões, debates e muito rock n’ roll em um mega evento, Veja
VICENTINA - FOTOS
Confira as FOTOS da comemoração do Dia do Funcionário público municipal de VICENTINA
VICENTINA - ALMOÇO NO PESQUEIRO
Domingo é dia de almoçar no Pesqueiro 7 Bello, confira o cardápio em VICENTINA
BONITO - MS - TURISMO SUSTENTÁVEL
Barco sustentável movido a energia solar é atração nas águas do Rio Mimoso em Bonito (MS)
VICENTINA - SEXTOUUUU
Sextouuuu com música ao vivo na Feira Livre e Aulão de Zumba em Vicentina
TURISMO
Conheça as cachoeiras e trilhas com sítios arqueológicos de Rio Verde
FÁTIMA DO SUL - CIA DO BICHO
Pacote mensal de Banho e Tosa para o seu pet é na Cia do Bicho em Fátima do Sul
QUEIMADAS
Sem previsão de chuvas no Pantanal, Estado reforça combate às queimadas
BOSQUE E PARQUE
Conselheiros debatem criação de duas trilhas para lazer em Dourados
VÍDEO - CHUVA DE GRANIZO EM MARACAJU
Vídeo: Chuva de granizo é registrada em Maracaju, ASSISTA