SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 23 de Setembro de 2017
DELPHOS_FULL
18 de Agosto de 2017 10h29

Reação à tatuagem de henna destrói braço de criança

Acredita-se que as queimaduras tenham sido causadas por uma substância química chamada para-fenilenodiamina (PPD)

Yahoo

Uma menina britânica de sete anos ficou com queimaduras terríveis e cicatrizes permanentes no braço, após ter feito uma tatuagem de henna durante as férias.

Madison Gulliver estava viajando com a família em Hurghada, Egito, quando seu pai Martin, de 50 anos, deixou que ela fizesse a tatuagem no salão dentro do hotel onde estavam hospedados.

No entanto, após voltar ao Reino Unido, Madison começou a reclamar de uma coceira na tatuagem, cujo desenho ia do cotovelo direito até os dedos da mão.

As curvas do desenho rapidamente se transformaram em bolhas extremamente dolorosas, que tiveram que ser removidas numa unidade especializada em queimaduras, deixando cicatrizes extensas no braço da criança.

Ver as imagens
 
Madison Gulliver ficou com cicatrizes enormes no braço direito (Imagem: SWNS)

Mais

Acredita-se que as queimaduras tenham sido causadas por uma substância química chamada para-fenilenodiamina (PPD), que é adicionada à henna para fazer com que as tatuagens temporárias fiquem mais escuras e durem mais.

Embora seja tradicionalmente usada em doses pequenas, esta substância é reconhecida como um problema de saúde pública, e frequentemente pode causar reações de hipersensibilidade em crianças pequenas.

Martin disse: “Ela pode ficar com marcas permanentes por ter feito uma tatuagem de henna”.

“A tatuagem foi feita no salão do hotel e eles alegam que o problema não foi a henna, e sim a pele da minha filha”.

“Ela está com bolhas do dedo da mão até o cotovelo, e está sentindo muita dor. Nós não tínhamos ideia dos perigos e eu acredito que eles deveriam alertar os clientes sobre isso, em suas brochuras”.

Ver as imagens
 
A tatuagem começou a inchar quando ela voltou para casa (Imagem: SWNS)

Mais

“Eu acho que a culpa é parcialmente minha porque eu não sabia que isso poderia acontecer, mas o salão também é culpado por usar substâncias químicas perigosas em crianças”.

“Nós imaginávamos que os agentes de viagem teriam preocupações em relação a isso”.

“Queremos divulgar este caso para que outras pessoas saibam o que pode acontecer”.

Após cinco visitas ao Hospital St. Mary, Madison foi encaminhada a uma unidade especializada em queimaduras no Hospital do Distrito de Salisbury.

Martin disse: “Eles decidiram tratar a pele removendo as bolhas, para que pudessem ter acesso à pele queimada embaixo delas”.

“Eles pensavam que conseguiriam molhar as bolhas e esfregá-las, para removê-las, mas elas eram tão grossas que não foi possível, então foi preciso cortá-las”.

Ver as imagens
 
Madison terá que usar um curativo compressivo no braço (Imagem: SWNS)

Mais

“Ela queria ver o que eles estavam fazendo, então não conseguimos fazer com que ela olhasse em outra direção. Ela foi muito bem, e ficava dizendo ‘vocês esqueceram uma’”.

Madison terá que usar um curativo compressivo por pelo menos seis meses para minimizar as cicatrizes do seu braço.

Em um e-mail enviado à família de Madison, o hotel em Hurghada confirmou que havia parado de oferecer as tatuagens em seu salão.

Comentários
Veja Também
MBO_SEGURANÇA_300
Nossa_Lojas
LIMIT ACADEMIA_BOTTON
Últimas Notícias
  
LIMIT ACADEMIA_BOTTON
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.