Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 18 de julho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
SOLIDARIEDADE

Pedreiro enfrenta 2º tumor no cérebro e pede ajuda para cirurgia de R$ 106 mil

Aroldo procurou o SUS, mas terá que aguardar de 5 a 7 anos para passar pelo procedimento

28 Nov 2018 - 12h03Por Topmidia News

Enfrentando pela segunda vez um tumor no cérebro, Aroldo Servim dos Santos, 27 anos, pede ajuda para fazer uma cirurgia que custa em torno de R$ 106 mil. O pedreiro afirma que não pode voltar a exercer a atividade profissional e tentou agendar a cirurgia através do SUS (Sistema Único de Saúde), mas terá que aguardar de 5 a 7 anos para passar pelo procedimento.

“O tumor está crescendo muito rápido, não tem como esperar pelo SUS. O médico disse que não posso trabalhar enquanto não fizer uma nova cirurgia. Eu fiz essa cirurgia ano passado, retirei o tumor, só que agora estou com outro, quase do mesmo tamanho do que retirei e preciso fazer cirurgia com urgência. Segundo os médicos, vai ficar R$ 106 mil tudo, contando cirurgia, pós-operatório, internação. Preciso correr contra o tempo”, afirma o jovem.

Aroldo relembra que foi em uma crise convulsiva que descobriu o problema no cérebro. “Eu convulsionei, fui para o hospital e lá descobriram o primeiro tumor, em dezembro de 2016. O doutor tinha dito que eu não teria problema em esperar a cirurgia porque ele não crescia. Consegui operar e fui orientado a ficar tomando fenitoína por seis meses para impedir crises convulsivas. Quando parei com a medicação, voltei a convulsionar, procurei um médico particular, fiz tomografia e descobrimos que tem outro tumor”.

De acordo com o pedreiro, o médico acredita que tenha ficado vestígios da doença, que acabaram crescendo novamente. “O médico ainda não sabe se é um novo, mas tudo indica que é um pedaço do outro tumor que ficou e cresceu de novo”.

Casado, pai de dois filhos, Aroldo sonha em parar de viver o pesadelo de não ter recursos para buscar a cura. “Preciso de ajuda, estou desempregado, minha família depende de mim. Já busquei duas vezes o auxílio doença no INSS - Instituto Nacional do Seguro Social, mas tive o pedido negado. Agora estou tentando novamente e espero conseguir”.

Para ajudar Aroldo ligue 67-99121-5816 ou  99139-7565.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO BELO RESORT - NOITE ORIENTAL
Campo Belo Resort terá noite com o melhor da Gastronomia Oriental e música ao vivo dia 03 de agosto
ALERTA EPIDEMIOLÓGICO
Mortes por gripe já chegam a 44 no MS, 2º maior indice registrado nos ultimos 10 anos
Prótese Renan Henrique
Vicentinense necessita de ajuda para adquirir uma prótese
100 REMEDIOS
Ministério da Saúde suspende fabricação de 19 remédios;veja aqui a lista dos medicamentos cortados
HILARIO
Secretaria agenda fisioterapia para defunto, constrange profissional e a internet não perdoa
GOVERNO INVESTINDO NA SAUDE
Repasses do Governo para saúde da Capital atingem R$ 53,4 milhões, somente este ano
ASSUSTADOR
Bactéria comedora de carne mata homem com câncer em 48 horas
CASA DE VÓ
Escondida em bairro, cafeteria espera cliente com mesa posta por R$ 19,90
IVINHEMA - LUTO
Ivinhema de luto, faleceu Joana Bachega
FÁTIMA DO SUL - NOTA DE FALECIMENTO
Fátima do Sul se despede de mais um pioneiro, Paulo Coco, membro da equipe do Museu Masuo Yasunaka