Menu
CÂMARA BONITO SETEMBRO
sábado, 21 de setembro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
UNIGRAN NET
CUIDADOS COM A GRIPE

O que você precisa saber sobre a vacina para gripe 2019

O que você precisa saber sobre a vacina para gripe 2019

3 Jun 2019 - 17h15Por Zelas Saúde

A partir do dia 01 de junho, o Ministério da Saúde decidiu liberar a vacinação contra a gripe para toda a população, sem exclusividade para um público-alvo. A campanha programada pelo Ministério foi iniciada em 10 de abril e que durou até o dia 31 de maio, visando a vacinação apenas para grupos com pessoas entendidas como mais suscetíveis à doenças. Saiba mais no Zelas Saúde 

A liberação para toda a população se deu devido ao baixo número de pessoas no grupo de risco que se vacinaram durante as datas do programa. Ao final da campanha, 20% do público-alvo ainda não havia se vacinado. Pensando nisso, antes de ir ao posto de saúde, aqui estão as informações que você precisa saber sobre a vacina para gripe de 2019.

Por quê a vacinação foi liberada para todos?

Apesar da duração maior da campanha em relação aos anos anteriores, houve uma redução na procura pela vacina de gripe pelo grupo prioritário. Segundo o presidente da SBIm, Juarez Cunha,  quando números e casos graves das doenças são expostos na mídia, é comum que tenha um aumento de pessoas procurando pela imunização. No entanto, esses casos não foram relatados durante a campanha.

Quem está no grupo prioritário da vacinação?

São tidos como casos prioritários nas campanhas de imunização, pessoas que estão mais propensas a serem afetadas pelas doenças. Dessa maneira, o governo separa os seguintes grupos para receberem as vacinas:

  • Gestantes;
  • Mulheres em pós-parto até 45 dias (puérperas);
  • Crianças de 6 meses a 5 anos;
  • Idosos;
  • Profissionais da saúde;
  • Professores;
  • Povos indígenas;
  • Pessoas privadas de liberdade;
  • Portadores de doenças crônicas que fazem acompanhamento pelo SUS.

Quais vírus serão combatidos pela vacina da gripe de 2019?

A cada ano, a OMS junto com instituições brasileiras definem quais serão os vírus a serem combatidos pela vacina da gripe. Para isso, são avaliados os vírus que estão circulando pelo país, assim como quais oferecem maior risco à população. Dessa maneira, em 2019 a vacina trivalente terá os agentes:

  • A/Michigan/45/2015 (H1N1)pdm09  
  • A/Switzerland/8060/2017 (H3N2)
  • B/Colorado/06/2017 (linhagem B/Victoria/2/87)

Efeitos colaterais e contraindicações

Não há contraindicações para a aplicação da vacina de gripe, nem mesmo para aqueles com alergia à ovo. Quanto à efeitos colaterais, pode ocorrer uma leve alergia no local da picada da agulha.

Após a vacinação, a pessoa estará imunizada depois de duas ou três semanas. Por isso, antes desse período, mantém-se a possibilidade de infecção.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DEODÁPOLIS - VIROU POLÍCIA
Confusão entre funcionários de hospital por causa de 'escala' termina na Delegacia em Deodápolis
ACIDENTE GRAVE
Acidente com van escolar deixa dez crianças feridasí; duas estão em estado grave
ERRO MÉDICO
Criança vai faz raio-x vestida e médico pensa que ela tinha engolido botões da camisa no MS
FÁTIMA DO SUL - CACAU SHOW
Surpreenda quem você ama com lindas cestas na Cacau Show de Fátima do Sul
ESPORTE DESTAQUE
Basquete espanhol ganha título da Copa do Mundo da FIBA e se torna exemplo a ser seguido pelo Brasil
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Estado repassa R$ 5,5 milhões para a saúde de Coxim e mantém pagamentos em dia
VICENTINA - NESTA SEXTA-FEIRA
VICENTINA: Nesta sexta tem Projeto Viva Melhor com aula de Ritmos, apresentações culturais e bailão
CHIFRE DO DIABO
Homem tem 'chifre' de 10cm removido em cirurgia
FÁTIMA DO SUL - LUTO
Fátima do Sul se despede se do saudoso José de Souza esposo da Dona Diomar da Linha do Iguassu
FÁTIMA DO SUL - TURISMO E DIVERSÃO
Aqua Park abre temporada neste sábado, Veja como vai funcionar em Fátima do Sul