Menu
SADER_FULL
quarta, 20 de junho de 2018
SADER_FULL
Busca
DR. SHAPE
Coronel Sapucaia

Menino que sofria com bolhas pelo corpo está bem, e vivendo em nova casa

A residência foi doada por produtores rurais do município

20 Set 2013 - 09h23Por Dourados News
Um começo de final feliz ao caso noticiado pelo Dourados News  no dia 4 deste mês. O menino Sergio, de 4 anos, que sofre de pênfigo foliáceo (doença conhecida popularmente como ‘fogo selvagem’) e foi encontrado por voluntários de um lar beneficente vivendo em condições precárias em um barraco de lona, e com estado de saúde bastante debilitado, hoje está vivendo em uma casa com a família em Coronel Sapucaia.
 
A residência foi doada por produtores rurais do município, que se comoveram com a história do menino e resolveram ajudar ele e a família, assim como várias outras pessoas que fizeram e continuam realizando doações para eles, que são indígenas refugiados do Paraguai.
 
“Ficamos muito felizes de dar uma vida mais digna a essa família, de termos conseguido ajuda para que o menino fosse tratado adequadamente. E nada disso teria sido possível sem a repercussão do caso e, principalmente, a solidariedade de pessoas de várias cidades e Estados que acabaram sabendo da história e resolveram ajudar”, diz o diretor do Lar Beneficente Cristo Redentor, Aristides Montania.
 
A casa onde Serginho está vivendo com a mãe, o pai e o irmão de cinco meses de idade foi mobiliada por meio de doações. A família está vivendo com alimentos, roupas, luz e água que também são fruto de doações, já que por conta da falta de documentos de identidade, os pais estão impedidos de buscar emprego formal.
 
“Vamos tentar junto à Polícia Federal de Ponta Porã a regularização deles, e também que eles façam documentos, porque eles não tem nenhum, nem paraguaios. E até isso acontecer o pai está fazendo uns ‘bicos’ para ganhar algum dinheiro e estamos também recolhendo doações”, explicou Montania.
 
Com relação ao tratamento para o pênfigo foliáceo, o menino segue sendo acompanhado por um médico dermatologista de uma clínica particular de Dourados, e está tomando remédios controlados.
 
Serginho em seu quarto na casa que foi doada por produtores rurais do município de Coronel Sapucaia - Foto: Divulgação
Serginho em seu quarto na casa que foi doada por produtores rurais do município de Coronel Sapucaia - Foto: Divulgação
“Ele vai seguir com esse tratamento, já está tomando os remédios e a pele dele, que estava praticamente em carne viva, hoje já está muito melhor”, finalizou Montania.
 
Doações
 
Para ajudar a família do menino Sérgio com doações de alimentos, roupas, e outros, basta entrar em contato com Aristides Montania, por meio dos telefones telefones (67) 99529070 / 99494019.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VICENTINA - 31 ANOS - OBRAS E VEÍCULOS
Prefeito entrega 03 veículos e o asfalto até o cemitério nesta quarta nos 31 anos de Vicentina
UNIPAR - EAD - DOURADOS
Unipar EAD com pós-graduação e 25 cursos a distância com mensalidade acessíveis agora em Dourados
FÁTIMA DO SUL - ESTRUTURA NOVA
Fátima do Sul terá um novo conceito de lojas Cacau Show, AGUARDEM!!!
FÁTIMA DO SUL - COMEÇOU
Começa nesta segunda desafio Limit Academia com prêmio de R$ 1.000 reais e fim de semana em Bonito
AÇÕES DO GOVENO DO MS
Onevan congratula Reinaldo por enviar Caravana da Saúde Indígena ao Sul de MS
DO GABINETE DO DEPUTADO
Vereadores de Alcinópolis apresentam reivindicações a Onevan de Matos
AÇÕES EDUARDO ROCHA
Em inauguração da nova maternidade do HNSA de TL, Eduardo Rocha enfatiza importância da instituição
TRAGÉDIA - NATURAL DE FÁTIMA DO SUL
Natural de Fátima do Sul, homem perde controle e morre após colidir moto em guard rail
VICENTINA - 31 ANOS - HOMENAGENS
Vicentina: 'Lágrimas e lembranças' marcam abertura e denominação de Centro de Eventos Débora Arriero
VICENTINA - PESQUEIRO 7 BELLO
Vicentina: Caldo de peixe por conta do Pesqueiro 7 Bello na hora do jogo, antes tem delícioso almoço