Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 19 de junho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Coronel Sapucaia

Menino que sofria com bolhas pelo corpo está bem, e vivendo em nova casa

A residência foi doada por produtores rurais do município

20 Set 2013 - 09h23Por Dourados News
Um começo de final feliz ao caso noticiado pelo Dourados News  no dia 4 deste mês. O menino Sergio, de 4 anos, que sofre de pênfigo foliáceo (doença conhecida popularmente como ‘fogo selvagem’) e foi encontrado por voluntários de um lar beneficente vivendo em condições precárias em um barraco de lona, e com estado de saúde bastante debilitado, hoje está vivendo em uma casa com a família em Coronel Sapucaia.
 
A residência foi doada por produtores rurais do município, que se comoveram com a história do menino e resolveram ajudar ele e a família, assim como várias outras pessoas que fizeram e continuam realizando doações para eles, que são indígenas refugiados do Paraguai.
 
“Ficamos muito felizes de dar uma vida mais digna a essa família, de termos conseguido ajuda para que o menino fosse tratado adequadamente. E nada disso teria sido possível sem a repercussão do caso e, principalmente, a solidariedade de pessoas de várias cidades e Estados que acabaram sabendo da história e resolveram ajudar”, diz o diretor do Lar Beneficente Cristo Redentor, Aristides Montania.
 
A casa onde Serginho está vivendo com a mãe, o pai e o irmão de cinco meses de idade foi mobiliada por meio de doações. A família está vivendo com alimentos, roupas, luz e água que também são fruto de doações, já que por conta da falta de documentos de identidade, os pais estão impedidos de buscar emprego formal.
 
“Vamos tentar junto à Polícia Federal de Ponta Porã a regularização deles, e também que eles façam documentos, porque eles não tem nenhum, nem paraguaios. E até isso acontecer o pai está fazendo uns ‘bicos’ para ganhar algum dinheiro e estamos também recolhendo doações”, explicou Montania.
 
Com relação ao tratamento para o pênfigo foliáceo, o menino segue sendo acompanhado por um médico dermatologista de uma clínica particular de Dourados, e está tomando remédios controlados.
 
Serginho em seu quarto na casa que foi doada por produtores rurais do município de Coronel Sapucaia - Foto: Divulgação
Serginho em seu quarto na casa que foi doada por produtores rurais do município de Coronel Sapucaia - Foto: Divulgação
“Ele vai seguir com esse tratamento, já está tomando os remédios e a pele dele, que estava praticamente em carne viva, hoje já está muito melhor”, finalizou Montania.
 
Doações
 
Para ajudar a família do menino Sérgio com doações de alimentos, roupas, e outros, basta entrar em contato com Aristides Montania, por meio dos telefones telefones (67) 99529070 / 99494019.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GRIPE A
Bebê morre com gripe H1N1 e é segunda vítima em Campo Grande nesta semana
FATIMA DO SUL - POLACO RESTAURANTE
Até 30/06 Self Service à R$ 15,00 e marmitex à R$10,00 é no Polaco Restaurante de Fátima do Sul
VIDA SEDENTARIA
OMS alerta: Criança menor de 3 anos não deve ficar nem um minuto em tablet ou celular
CARAVANA DA SAUDE MS
Reinaldo Azambuja dá início à nova etapa da Caravana da Saúde
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
MUNDO MEDONHO
Estudante faz 15 procedimentos em 12 meses para virar Barbie, mas é criticada: Parece o Patolino
VENENOSA
Agricultor é picado por cobra jararaca
VAI CHEGAR CHEGANDO
Inverno chega dia 21 com pouca chuva e temperatura abaixo dos 5ºC graus
MERCADO JULIFRAN
Confira as ofertas da SEXTA DO PEIXE do Mercado Julifran em Fátima do Sul
TURISMO ENCANTADOR NO MS
Mato Grosso do Sul é repleto de roteiros turísticos encantadores, CONFIRA