Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 20 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Coronel Sapucaia

Menino que sofria com bolhas pelo corpo está bem, e vivendo em nova casa

A residência foi doada por produtores rurais do município

20 Set 2013 - 09h23Por Dourados News
Um começo de final feliz ao caso noticiado pelo Dourados News  no dia 4 deste mês. O menino Sergio, de 4 anos, que sofre de pênfigo foliáceo (doença conhecida popularmente como ‘fogo selvagem’) e foi encontrado por voluntários de um lar beneficente vivendo em condições precárias em um barraco de lona, e com estado de saúde bastante debilitado, hoje está vivendo em uma casa com a família em Coronel Sapucaia.
 
A residência foi doada por produtores rurais do município, que se comoveram com a história do menino e resolveram ajudar ele e a família, assim como várias outras pessoas que fizeram e continuam realizando doações para eles, que são indígenas refugiados do Paraguai.
 
“Ficamos muito felizes de dar uma vida mais digna a essa família, de termos conseguido ajuda para que o menino fosse tratado adequadamente. E nada disso teria sido possível sem a repercussão do caso e, principalmente, a solidariedade de pessoas de várias cidades e Estados que acabaram sabendo da história e resolveram ajudar”, diz o diretor do Lar Beneficente Cristo Redentor, Aristides Montania.
 
A casa onde Serginho está vivendo com a mãe, o pai e o irmão de cinco meses de idade foi mobiliada por meio de doações. A família está vivendo com alimentos, roupas, luz e água que também são fruto de doações, já que por conta da falta de documentos de identidade, os pais estão impedidos de buscar emprego formal.
 
“Vamos tentar junto à Polícia Federal de Ponta Porã a regularização deles, e também que eles façam documentos, porque eles não tem nenhum, nem paraguaios. E até isso acontecer o pai está fazendo uns ‘bicos’ para ganhar algum dinheiro e estamos também recolhendo doações”, explicou Montania.
 
Com relação ao tratamento para o pênfigo foliáceo, o menino segue sendo acompanhado por um médico dermatologista de uma clínica particular de Dourados, e está tomando remédios controlados.
 
Serginho em seu quarto na casa que foi doada por produtores rurais do município de Coronel Sapucaia - Foto: Divulgação
Serginho em seu quarto na casa que foi doada por produtores rurais do município de Coronel Sapucaia - Foto: Divulgação
“Ele vai seguir com esse tratamento, já está tomando os remédios e a pele dele, que estava praticamente em carne viva, hoje já está muito melhor”, finalizou Montania.
 
Doações
 
Para ajudar a família do menino Sérgio com doações de alimentos, roupas, e outros, basta entrar em contato com Aristides Montania, por meio dos telefones telefones (67) 99529070 / 99494019.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
O Boticário apresenta Quasar Brave, venha conferir no O Boticário em Fátima do Sul
DEODÁPOLIS - AÇÃO DA FORÇA TÁTICA
Força Tática apreende 537 quilos de cocaína avaliado em R$ 20 milhões em Deodápolis
FÁTIMA DO SUL - FORÇA HEDDER
Família comemora grande milagre na vida de Hedder de Fátima do Sul
NOVA ANDRADINA - AÇÕES DO DEPUTADO
Nova Andradina recebe veículo 'Doblô' para saúde, emenda parlamentar de Onevan de Matos
CRUELDADE
Bebê sobrevive depois de ser esfaqueado 14 vezes e ser enterrado vivo pela própria mãe
É MUITO AMOR ENVOLVIDO
Veterinário trata gata de pelúcia de menina com autismo e é cena mais linda que já vimos
NOVA ANDRADINA
Mãe pede roupas usadas para bancar tratamento do filho de 7 anos com doença grave
LUTO ENTRE OS FAMOSOS
Irmão de Zezé di Camargo, Luciano Camargo lamenta morte de seu 'filho'
FÁTIMA DO SUL - NESTE SÁBADO
Fátima do Sul: Zumba 'Fantasy Folia' na Limit Academia com presença de vários Zins será neste sábado
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat