Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 23 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
SANGUE TIPO A

Filha pede doação de sangue tipo A+ para pai picado por cobra Jararaca

Ramão está internado no Hospital Regional e seu estado de saúde é considerado grave

28 Nov 2018 - 12h15Por Topmidia News

Desesperada ao ver o pai em coma, Ana Paula Xavier Cabral, 28 anos, pede doação de sangue tipo A+ para Ramão Rui Cabral, 57 anos, que está internado há sete dias no Hospital Regional em Campo Grande, após ser picado por uma cobra jararaca. De acordo com a estudante, o pai voltava da casa de um parente quando foi surpreendido pelo animal no quintal do sítio onde mora, em Corguinho.

“Ele tinha saído com a esposa dele, foi até a casa da filha dele e, quando voltou, a cobra estava no quintal. A esposa dele não percebeu a presença da cobra, ela estava recolhendo roupa do varal e acha que a cobra já estava ali, mas não viu. Acreditamos que o animal ficou bravo com a presença dela e, quando meu pai foi lá fora, ele também não viu ela, que deu o bote e picou a batata da perna do meu pai”, explica a estudante.

Ana Paula destaca que Ramão foi levado às pressas para a unidade de saúde de Corguinho, mas permaneceu por dez horas esperando vaga na Capital. “É um absurdo que em Corguinho não tem medicamento para pessoas picadas por cobras. Meu pai ficou dez horas esperando para ser transferido para o Hospital Regional de Campo Grande. Quando acontece isso, tem que ter um procedimento rápido para que o veneno não se espalhe pelas correntes sanguíneas”.

A filha afirma que o estado de saúde de Ramão é considerado grave. “Os rins do meu pai já não estão mais funcionando, ele não responde a hemodiálise, está em coma induzido, os médicos disseram que é grave o estado de saúde dele. O fígado está comprometido, ele está com pneumonia. Precisamos o mais rápido possível de doação de sangue, o quadro dele se agrava cada vez mais”.

Conforme a estudante, o doador pode se deslocar até o Hemosul na Capital e afirmar que a doação do sangue tipo A+ deve ser destinada para Ramão Rui Cabral, internado no Hospital Regional. As doações no Hemosul podem ser feitas das 7 ás 17 horas. Mas quem quiser doar diretamente no Hospital Regional, pode ir entre as 7h e 12h.

Deixe seu Comentário

Leia Também

RARIDADE
Luana pode ser a primeira brasileira com Síndrome de Down a colar grau em Fisioterapia
AÇÃO PRO YURI
Menino de dois anos precisa de R$ 300 mil para transplante de medula óssea
DOE 5 ML DE AMOR
Trote do Bem aumenta o número de doadores voluntários de medula óssea
TRISTE NOTÍCIA NO MS
Universitária é encontrada morta no portão da casa e comove cidade de MS
IVINHEMA - FUTSHOW 25 ANOS
IVINHEMA: Futshow completa 25 anos e entrega novas camisas, Confira algumas fotos
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
FALTA TUDO
Escassez no HRMS da capital atinge medicamentos e até carne para alimentar pacientes
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
O Boticário apresenta Quasar Brave, venha conferir no O Boticário em Fátima do Sul
DEODÁPOLIS - AÇÃO DA FORÇA TÁTICA
Força Tática apreende 537 quilos de cocaína avaliado em R$ 20 milhões em Deodápolis