Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 28 de fevereiro de 2020
SADER_FULL
Busca
VAMOS AJUDAR - COMPARTILHE

Família de bebê faz carreteiro para bancar suplemento em MS

O pequeno consome 12 latas por mês, ao custo de R$ 200, cada

3 Set 2019 - 07h11Por Topmidia News

Família de um bebê de dois anos, que não tem os braços e uma das pernas, precisa de ajuda para comprar suplemento do pequeno, que custa cerca de R$ 200, em Campo Grande. O jeito é fazer um carreteiro e arrecadar fundos, já que não há ajuda do poder público.

A merendeira Cristiane é avó do Rhyschard Rafael Lima e conta que ele já passou por sete cirurgias. Ele é dependente dela na Cassems e ainda passará por mais procedimentos.

Ela diz que a dificuldade fica por conta do suplemento, misturado ao leite em pó, que ela só acha pela internet, entre R$ 180 e R$ 200.

''Ele toma 12 latas por mês. Não há qualquer tipo de ajuda do governo, nem fraldas a gente consegue'', lamenta a avó. Ela acrescenta que fez o pedido do Loas (benefício do Governo Federal para idosos e deficientes), mas o caso estaria na Justiça.

Pequeno já passou por sete cirurgias. (Foto: Repórter Top)

Enquanto a ajuda não vem, a família depende de doações de amigos e parentes. Para o arroz carreteiro, que acontece dia 8 de setembro, no Asilo São João Bosco, Cristiane precisa vender o máximo de convites, que custam R$ 15,00, cada.

O endereço da mãe de Rhyschard, onde os convites podem ser comprados é: Rua Beira Mar - 146 - fundos - Coophavilla II. O telefone para contato é: 67 9 9210-2077. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÉ E CAUTELA
Coronavírus altera missas pelo País, abraços estão suspensos
CORONAVIRUS NO MS
MS tem 7 casos suspeitos de coronavírus, seis apenas em Campo Grande, diz Saúde
NATALIDADE
Grávida de gêmeos entra em trabalho de parto; um nasce na calçada e outro no hospital
TATUAGEM
Modelo que teve os olhos tatuados está perdendo a visão
CORONAVIRUS NO BRASIL
Homem com coronavírus teria participado de confraternização com 30 familiares no Brasil
ALERTA NO MS
Tereré e narguilé podem espalhar coronavírus em MS
PREVENÇÃO
Coronavírus: ministro pede para evitar bebidas como tereré e chimarrão
SAÚDE - NOTA OFICIAL
Confira a Nota oficial sobre caso suspeito de coronavírus em Ponta Porã
1º CASO NO BRASIL
Ministério da Saúde investiga possível paciente com coronavírus em SP; caso foi para contraprova
GLÓRIA DE DOURADOS - LUTO
Morre o eterno Maestro Jeú, da Banda Marcial e Guarda Mirim de Glória de Dourados