Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 28 de fevereiro de 2020
SADER_FULL
Busca
VAMOS AJUDAR - COMPARTILHE

Estudante é diagnosticada com leucemia e amigos fazem campanha nas redes sociais

Jovem de 27 anos está internada na Santa Casa e aguarda por doador compatível

3 Set 2019 - 16h32Por Campo Grande News

Amigos e familiares de Ângela Yuriko Irei, de 27 anos, se mobilizaram nas redes sociais e montaram campanha em busca de doadores de medula óssea que possam ser compatíveis com a estudante, diagnosticada com leucemia em julho deste ano. O transplante de medula é a melhor alternativa de tratamento da doença, no entanto, as chances de compatibilidade são baixas.

“Nas últimas semanas após realizar exames o médico informou que a doença dela evoluiu para leucemia”, explica.

Ângela foi internada na Santa Casa de Campo Grande, onde faz tratamento à base de remédios. Após o diagnóstico, pessoas próximas à estudante se mobilizaram e montaram mutirão em busca de doadores que podem ajudar tanto na melhora dela, quanto na de outros pacientes que também aguardam pelo transplante.

Como doar – Para ser um doador é preciso ter entre 18 e 55 anos e estar em bom estado de saúde. Uma amostra do sangue é retirada e o doador identificado geneticamente e cadastrado no Redome (Registro Brasileiro de Doadores Voluntários de Medula Óssea).

Na Capital a doação pode ser feita no Hemocentro, localizado na Avenida Fernando Correa da Costa, 1.304, no Centro. O atendimento é de segunda a sexta-feira das 7 às 17 horas e sábado das 7 às 12 horas. Mais informações pelos telefones (67) 3312-1500 e (67) 3312-1539.

Deixe seu Comentário

Leia Também

100 PREVENTIVOS
Coronavírus: máscaras descartáveis e álcool em gel já estão em falta nas farmácias do Rio
FÉ E CAUTELA
Coronavírus altera missas pelo País, abraços estão suspensos
CORONAVIRUS NO MS
MS tem 7 casos suspeitos de coronavírus, seis apenas em Campo Grande, diz Saúde
NATALIDADE
Grávida de gêmeos entra em trabalho de parto; um nasce na calçada e outro no hospital
TATUAGEM
Modelo que teve os olhos tatuados está perdendo a visão
CORONAVIRUS NO BRASIL
Homem com coronavírus teria participado de confraternização com 30 familiares no Brasil
ALERTA NO MS
Tereré e narguilé podem espalhar coronavírus em MS
PREVENÇÃO
Coronavírus: ministro pede para evitar bebidas como tereré e chimarrão
SAÚDE - NOTA OFICIAL
Confira a Nota oficial sobre caso suspeito de coronavírus em Ponta Porã
1º CASO NO BRASIL
Ministério da Saúde investiga possível paciente com coronavírus em SP; caso foi para contraprova