Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 18 de julho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
CAOS NA SAUDE

Dourados perderá 9 médicos com a saída de Cuba do Mais Médicos

O município é o segundo do estado a ter mais cubanos que atendem em postos de saúde, os que mais carecem com a falta de profissionais.

17 Nov 2018 - 07h07Por Dourados Agora

O município de Dourados perderá 9 médicos com a saída de Cuba do programa Mais Médicos. O município é o segundo do estado a ter mais cubanos que atendem em postos de saúde, os que mais carecem com a falta de profissionais. Corumbá perderá um total de 10 médicos. No Mato Grosso do Sul são 114 ao todo, a maioria atua no interior, conforme a Secretaria Estadual de Saúde.

O governo de Cuba anunciou a retirada do programa nesta quarta-feira (14), citando "referências diretas, depreciativas e ameaçadoras" feitas pelo presidente eleito Jair Bolsonaro à presença dos cubanos no Brasil.

O presidente eleito Jair Bolsonaro informou que o governo cubano decidiu deixar o programa por não concordar com testes de capacidade aos médicos.

Dourados sofre com a falta de médicos há muito tempo, principalmente nos postos. Sempre quando um profissional se licencia ou sai de férias, dificilmente há outro para substituí-lo. O reflexo é o superlotamento da única UPA 24 horas, unidade responsável para atender uma população de 220 mil habitantes.

Os estados de São Paulo e da Bahia têm o maior número de cubanos atuando pelo Mais Médicos e, por isso, são os que mais perderão médicos com o fim acordo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DEODÁPOLIS - VÍTIMA DA H1N1
Confirmado, Mulher morre vitima da gripe H1N1 em Deodápolis
VAMOS DOAR
Em MS, Guerreiro, Davi enfrenta leucemia e pede ajuda para encontrar doador de medula óssea
MEIO AMBIENTE
Governo proíbe estabelecimentos comerciais de usarem canudos de plástico em MS
CAARAPO
Família realiza “Ação entre Amigos” para aquisição de medicamentos usados por jovem com doença rara
CAMPO BELO RESORT - NOITE ORIENTAL
Campo Belo Resort terá noite com o melhor da Gastronomia Oriental e música ao vivo dia 03 de agosto
ALERTA EPIDEMIOLÓGICO
Mortes por gripe já chegam a 44 no MS, 2º maior indice registrado nos ultimos 10 anos
Prótese Renan Henrique
Vicentinense necessita de ajuda para adquirir uma prótese
100 REMEDIOS
Ministério da Saúde suspende fabricação de 19 remédios;veja aqui a lista dos medicamentos cortados
HILARIO
Secretaria agenda fisioterapia para defunto, constrange profissional e a internet não perdoa
GOVERNO INVESTINDO NA SAUDE
Repasses do Governo para saúde da Capital atingem R$ 53,4 milhões, somente este ano