Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 19 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
GREVE NA SAUDE

Com salário atrasado, médicos da Santa Casa entram em greve a partir de segunda-feira

Santa Casa informou que aguarda repasse de R$ 14 milhões do Poder Público

14 Dez 2018 - 07h44Por Midiamax

Os médicos da Santa Casa de Campo Grande deverão entrar em greve a partir desta segunda-feira (17) por atraso salarial. Os profissionais prometem reduzir os atendimentos até que os salários sejam regularizados.

Conforme nota da Amesc-CG (Associação dos Médicos da Santa Casa de Campo Grande), a categoria optou pela paralização durante assembleia nesta quarta-feira (12). Alguns profissionais estariam, supostamente, sem receber o pagamento há cinco meses, enquanto outros tiveram os salários parcelados, mas não receberam os valores integrais.

Ainda segundo nota, os médicos continuaram a trabalhar sem os salários em dia e, durante uma reunião com a diretoria da unidade, a situação não foi regularizada. A Santa Casa teria negado aos médicos o acesso ao sistema que controla o faturamento da produção.

“Seria uma forma de o médico saber se o serviço que ele realizou confere com a remuneração paga pela Santa Casa. Mas nem isso podemos saber. As contas da Santa Casa são uma caixa preta. A situação fugiu do controle porque, além de não ser pago, o médico não sabe o valor real que tem a receber”, afirma o presidente da Amesc/CG, Alex Cunha Alonso, apontando falta de transparência da unidade com a categoria.

Durante a greve, a escala de trabalho deve ser reduzida ao mínimo previsto para garantir o funcionamento e o atendimento aos pacientes do maior hospital do Estado. Serão reduzidos em 70% os atendimentos ambulatoriais e cirurgias eletivas e em 30% os atendimentos de urgência e emergência.

Aguardando repasse

A assessoria de imprensa da Santa Casa informou que aguarda o pagamento de quase R$ 14 milhões que estão em atraso pelo Poder Público para efetuar o pagamento.

“A Prefeitura informa que até na segunda efetuará a quitação, pelo menos parcial, destes recursos. A Amesc e alguns médicos que participaram da citada reunião falam em cinco meses de atraso, todavia os médicos seletistas têm apenas este mês em atraso. O vencimento foi na quinta-feira, quinto dia útil, portanto 7 dias. Empresas que prestam serviço médico terceirizado também não sofrem este atraso citado”, diz nota de posicionamento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESPAÇO SAÚDE
Você malha demais?, este chá é o melhor amigo de quem sente dor muscular depois da musculação
EM CIDADE DO MS
Em MS, Estudante de medicina morre após jogar partida de futebol
ALERTA
Menino perde olho esquerdo após ser atingido por “tiro” de lançador de dardos
EXAMES GRATUITOS
Hospital do Amor oferece 200 vagas por dia para exames preventivos
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Em Maracaju, Reinaldo Azambuja participa do Showtec e entrega estação de tratamento de esgoto
ALERTA
Smartphone afeta a saúde mental, e o dano pode começar em crianças de 2 anos!
CORRUPÇÃO NA SAÚDE
MP faz pente-fino na Oncologia de Dourados
OBESIDADE
Menino de 10 anos viciado em Miojo e Refrigerante atinge 190 quilos
FÁTIMA DO SUL - CARREATA E HOMENAGENS
Jovem morto na praça estaria fazendo 20 anos hoje, amigos farão carreata às 18h30 em Fátima do Sul
FAMOSIDADES
Doente, José Mayer foi esquecido pela Globo e abandonado por ‘Amigos’