Menu
SADER_FULL
sexta, 18 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
avanço da medicina

Bebê nasce três meses após mãe sofrer morte cerebral na Hungria

14 Nov 2013 - 14h15Por Terra

Um bebê húngaro sobreviveu três meses no útero de sua mãe que foi declarada em estado de morte cerebral e que os médicos mantiveram viva com ajuda de aparelhos o tempo suficiente para que o feto terminasse de crescer, informa nesta quinta-feira o jornal Népszabadság.

A mãe sofreu um derrame no cérebro na 15ª semana de gravidez e teve morte cerebral, mas os médicos mantiveram suas funções vitais ativas até que em julho o bebê nasceu por cesariana, após sete meses de gravidez.

Durante três meses, a gestação continuou com o organismo da mãe sob rigoroso controle, em temperatura controlada e a irrigação sanguínea ativa.

A equipe médica contou que um rádio foi mantido ligado perto do corpo da mulher para cercar o feto de vozes humanas e favorecer seu desenvolvimento.

Os médicos, que não revelaram nem o nome nem o sexo do bebê, confirmaram que a criança passa bem.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EXAMES GRATUITOS
Hospital do Amor oferece 200 vagas por dia para exames preventivos
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Em Maracaju, Reinaldo Azambuja participa do Showtec e entrega estação de tratamento de esgoto
ALERTA
Smartphone afeta a saúde mental, e o dano pode começar em crianças de 2 anos!
CORRUPÇÃO NA SAÚDE
MP faz pente-fino na Oncologia de Dourados
OBESIDADE
Menino de 10 anos viciado em Miojo e Refrigerante atinge 190 quilos
FÁTIMA DO SUL - CARREATA E HOMENAGENS
Jovem morto na praça estaria fazendo 20 anos hoje, amigos farão carreata às 18h30 em Fátima do Sul
FAMOSIDADES
Doente, José Mayer foi esquecido pela Globo e abandonado por ‘Amigos’
ESPAÇO SAÚDE - CHÔ FLACIDEZ
Tome essa bomba de colágeno natural todo dia antes do almoço e dê adeus à flacidez
COMOVENTE
Menino faz carrinho para gato andar novamente e comove: vídeo
DICAS
Qual a expectativa sobre o VAR em 2019?