Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 15 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
deodápolis

Vereador expõe dividas da administração anterior que chegam a quase R$ 15 milhões em Deodápolis

3 Out 2013 - 09h08Por ELINTON SANTOS - IMPACTO NEWS

A sessão da noite desta terça (01/10) foi marcada por fortes discussões. Uma delas foi as dividas deixada pela administração que governou o município nos últimos dois mandatos e que segundo o Vereador Juninho Anselmo, esta inviabilizando os projetos da atual administração. Ao usar o plenário, o Vereador expôs dados que somados chegam a quase R$ 15 milhões de reais em dividas deixadas e renegociadas pela administração do ex-prefeito.

“Dizem que o Vereador Juninho Anselmo, não pode ficar lembrando-se do passado; mas é por conta do passado que nós estamos pagando um grande sacrifício. Estamos pagando pelos erros de quem passou por lá!” destacou o Vereador.

Segundo dados apresentados, as dividas dos precatórios que já tiveram quatro “Sequestros Financeiros” somam o valor de R$ 4.384.205.77 milhões. Com o montante das dividas do INSS (R$ 9 milhões) e as Dividas renegociadas da ENERSUL (de R$ 1.430.263.35), os projetos da atual administração estariam comprometidos por conta da defasagem financeira herdada pelo município nos últimos dois mandatos. “Só da divida dos precatórios, já foram sequestrados da Prefeitura o valor de R$ 479.831.66 e a Prefeita esta de parabéns pois esta fazendo milagre com o pouco que tem!” afirmou Juninho.

O Vereador explicou que o município passa por essa situação por conta da má administração do ex-prefeito que comandou Deodápolis nos últimos oito anos, mas que ficou no poder por 28 anos no município. “Em 37 anos de emancipação, Deodápolis só teve dois administradores, que foi o saudoso Deodato e o Ex-prefeito Viana; nos outros 28 anos o município foi comandado pelo grupo de uma família que defasou o sistema financeiro publico do município. Eu quero com isso expor a real situação de Deodápolis que passa por um momento delicado e que a população merece saber!” finalizou Juninho.

Durante a sessão...

Juninho03Ao final da fala de Juninho na tribuna, o Vereador Manoel da Paz explicou os “Sequestros Financeiros” que estão ocorrendo por conta dos precatórios. “Não respeitaram a fila de pagamento dos precatórios como consta no Artigo 100 da constituição federal. Existe uma ordem de pagamento dos precatórios. Em Deodápolis existem mais de 50 precatórios e a administração passada, não sei se inocentemente ou se de má fé, pagou o precatório de numero 55 e esqueceu todos os anteriores. Com isso o TJ entendeu que se furou a fila, o município deve ter recurso para pagar a divida em sua totalidade e deu assim uma sentença que reterá todos os recursos que são depositados todo dia 10,20 e 30 de cada mês ate atingir o montante da divida que soma mais de R$ 4 milhões de reais que são os outros 54 precatórios que foram desrespeitados!” aparteou Manoel da Paz. O vereador ainda destacou que todas as medidas estão sendo tomadas pela Prefeita e sua assessoria jurídica para reverter o quadro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VICENTINA - VALORIZAÇÃO AO FUNCIONALÍSMO
Marquinhos do Dedé inova mais uma vez e cesta padronizada é entregue aos funcionários em Vicentina
GOVERNO DO MS - CONQUISTAS
Com 86% das metas cumpridas, Reinaldo se reúne com eleitos e traça projetos para 2019
VICENTINA - FOTOS FORMATURA
Confira as FOTOS da Formatura CEI Antonio Roberto Dias em VICENTINA
TCE-MS - MULTAS - DEODÁPOLIS
TCE-MS "multa" ex-prefeita por diversas irregularidades em Deodápolis
DEPUTADA ELEITA JÁ TRABALHANDO
Em Brasília, Rose Modesto reúne com ministra e discute fortalecimento da cadeia produtiva do leite
EQUIPE PARA O SEGUNDO MANDATO NO MS
Reinaldo Azambuja anuncia semana que vem equipe para o 2º mandato
A PARTIR DE 2019 - 2º MANDATO
No 2º mandato, Reinaldo vai doar metade do salário a entidades
SEGURANÇA
Documento entregue por Reinaldo Azambuja a Sérgio Moro tem 21 propostas para segurança do País
JATEÍ - ZONA RURAL DE QUALIDADE
Eraldo fortalece trabalho na Zona Rural e estradas viram verdadeiro 'asfalto' de pedras em Jateí
PROVAS ROBUSTAS
PF apreende R$ 2 milhões em busca em endereços de Aécio e aliados de Temer