Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 21 de agosto de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
SANESUL - INVESTIMENTOS TECNOLÓGICOS

Sanesul investe R$ 9,3 milhões no setor de Tecnologia da Informação

20 Nov 2013 - 08h20Por FÁTIMA NEWS COM ASSESSORIA

Com a grande evolução que vem ocorrendo ao longo dos anos na área de Tecnologia de Informação (TI), o setor tornou-se uma ferramenta indispensável para grandes, médias e pequenas organizações. Como exemplo de sucesso está a Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul), que atualmente é considerada destaque entre as maiores empresas do setor quanto à modernização em soluções, parque de equipamentos, programas, sistemas e disponibilidade de informações.

Nos últimos sete anos foram R$ 9,3 milhões de recursos aplicados, que promoveram uma renovação de praticamente todos os equipamentos da Gerência de Tecnologia de Informação (Geti). Os recursos investidos são quatro vezes maiores do que na administração anterior.

Gerente de TI há cerca de 10 anos, Altair Fernandes afirma categoricamente que nestes sete anos a gerência obteve o maior investimento desde sua criação, fazendo com que a empresa esteja sempre atualizada tecnologicamente. “Atribuo este salto de qualidade à visão da Diretoria, que entende a importância da TI como um setor estratégico. Acredito que foi por meio desta evolução que fui indicado para concorrer ao Prêmio CIO Destaque na região Centro Oeste, promovido pelo Instituto Sem Fronteiras (ISF). É a TI da Sanesul sendo reconhecida nacionalmente”, enfatizou.

Através do Plano Diretor de Tecnologia e Informação (PDTI), a Geti concluiu a implantação de grandes sistemas que envolvem os principais procedimentos realizados na empresa. Entre eles está a expansão do Sevidor Blade: com a aquisição de quatro Servidores Laminas, três Storages e uma LTO4. Também foram adquiridos dois Switches Core, licenças SQLSrv, cerca de 550 computadores foram substituídos, 20 notebooks, 12 projetores de slides, 250 monitores e 11 servidores.

Das inúmeras sugestões e recomendações contidas no PDTI, Altair Fernandes ressaltou a vulnerabilidade dos servidores de domínio das regionais, relacionada quanto a Hardware e Software, que estão sendo substituídos por outros novos. “Esse projeto de aquisição dos 11 servidores vem ao encontro da visão da atual gestão da empresa de modernizar o setor TI da Sede e de suas unidades, visando atender ainda a nova política de backup, que está em fase de implantação”.

Outro destaque é a implantação do sistema integrado de gestão comercial, o ProcisWeb, além do sistema de leitura simultânea, que permite a impressão da conta de água e de esgoto no momento da leitura do medidor (hidrômetro) para todos os consumidores.

“Nestes sete anos muita coisa mudou no setor de TI da Sanesul, considerado o coração de uma empresa. Antes se demorava em média três dias para realizar um fechamento contábil, hoje é feito em apenas quatro horas. Nossa estrutura de armazenamento do banco de dados também sofreu um aumento significativo na sua capacidade, podendo arquivar com tranquilidade todas as imagens e dados gerados”, explicou o supervisor de processo Aulus Augustus Velasco.

Já o Microsiga, por determinação da Presidência da empresa, passou a funcionar como um sistema integrado de gestão empresarial, com objetivo de unir os dados e processos de cada setor, sendo eles correspondentes a finanças, contabilidade, recursos humanos, compras, patrimônio, entre outros.

“Em 2000, quando da aquisição do Microsiga, a Sanesul não o utilizava de forma integrada. Ao assumir a direção da empresa em 2007, o presidente José Carlos Barbosa determinou a integração dos módulos, onde hoje, depois de concluída quase 100% desta integração, tem proporcionado uma maior confiabilidade dos dados monitorados em tempo real, além de reduzir o retrabalho e os números de erros, resultando no aumento da produtividade e na agilidade nas operações do dia a dia”, explicou o gerente da Geti, Altair Fernandes.

Também foram integrados outros sistemas de gerenciamento ao setor, como o Help Desk, uma central de atendimento que disponibiliza a abertura de chamadas para todas as áreas da empresa, e o Gerenciamento Eletrônico de Documentos (GED), uma ferramenta que abrange a digitalização de todos os processos administrativos abertos a partir de 2007.

Gestora do processo de desenvolvimento e manutenção sistemas da Sanesul, Dulce Garcia Rodrigues disse que o setor de desenvolvimento e manutenção de sistemas tem passado por significativas mudanças para atender as áreas da organização quanto às demandas de informação de serviços de TI. “Temos hoje 81 sistemas de informação disponíveis em utilização, que são distribuídos em toda empresa, o que facilita as atividades diárias e ainda possibilita maior agilidade e confiabilidade, no tráfego das informações e na tomada de decisões”.

Em relação às mudanças ocorridas na Geti, a recomendação é de que elas sempre fossem feitas, mas de maneira que causassem o menor impacto possível ao meio ambiente, como, por exemplo, a substituição dos monitores CRT (tubo) por monitores LCD, visto que o consumo de energia chega a ser 50% menor, além de proporcionar um maior conforto aos funcionários na visualização.

A virtualização dos servidores também contribuiu para redução do consumo de energia, afinal um servidor físico comporta vários virtuais. “Para a equipe de TI, a busca de novas tecnologias é constante, e quando a direção da empresa tem a visão da necessidade desse avanço, torna-se fácil. Esse é o diferencial que nos possibilitou a elaboração de projetos avançados. Isso nos deixa orgulhosos e nos estimula cada dia mais a buscar avanços para oferecer um serviço de excelência aos usuários internos e externos”, declarou o gestor do Centro de Dados da Geti, João André de Souza Neto.

O diretor de Administração e Finanças, André Soukef, ressalta que investimentos na área de tecnologia são fundamentais para melhorar a vida e a performance dos empregados, e dar mais velocidade e segurança em todos os processos e atividades da empresa. André destaca também o esforço dos empregados e gestores da área de TI neste desenvolvimento: “Hoje estamos preparados para o futuro que queremos trilhar”, complementa.

Para finalizar o presidente da Sanesul, José Carlos Barbosa, ressalta a importância da área de TI para a evolução da empresa: “Esta é uma das gerências que mais reflete a situação atual da Sanesul. É uma área que tem contribuído para o progresso, exigindo assim grandes transformações. Por isso, não temos medido esforços para cumprirmos o compromisso firmado com os funcionários da gerência de promover a modernização do setor”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLEMICA II
Após polêmica, deputado diz que não existe PL de poliamor ou casamento entre mães e filhos
MIRANDA
TRE afasta prefeita acusada de compra de votos e convoca novas eleições
POLÊMICA
Vale Tudo: projeto libera casamento entre mães e filhos e revolta MS
NAVIRAÍ - AÇÕES ONEVAN DE MATOS
Justiça do Trabalho acolhe pedido de Onevan e inclui escola de Naviraí em programa
100 PENA
'Não tem que ter pena', diz Jair Bolsonaro sobre uso de atirador de elite após sequestro de ônibus
BOA NOTICIA
Hotel Campo Grande deve virar 260 apartamentos para famílias carentes
LEI ABUSO DE AUTORIDADE
Promotores e juízes protestam em Campo Grande contra 'mordaça' aprovada no Congresso
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Governo de MS libera R$ 1.5 milhão para 27 projetos de pesquisa selecionadas por edital
JATEÍ - VALORIZAÇÃO NA ZONA RURAL
Prefeitura inicia nova tubulação na região da Fazenda Stª Ada, trecho da antiga Serraria do Valmar em Jateí
FATIMA DO SUL - PROFESSOR WAGNER CHAGAS
Fatimassulense descreve Campo Grande e seus primeiros passos como Capital de MS