Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 21 de maio de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
AÇÕES ROSE MODESTO

Rose Modesto quer aumentar pena por feminicídio, Assista a entrevista

Rose Modesto quer aumentar pena por feminicídio, Assista a entrevista

17 Mai 2019 - 18h15Por ASSESSORIA

Os casos de feminicídio aumentaram em 76% no 1º trimestre deste ano, em São Paulo, capital, em comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com levantamento feito pelo site G1. Nos primeiros três meses do ano, 37 mulheres foram vítimas de feminicídio.

Em 2018, foram 21. No Brasil inteiro, uma mulher é morta a cada duas horas. A deputada Rose Modesto, do PSDB do Mato Grosso do Sul, está coletando assinaturas para um projeto dela que aumenta a pena para quem cometer feminicídio. Atualmente, a pena vai de 12 a 30 anos de prisão.

Pela proposta, ela passaria a ser de 20 a 30 anos, sem direito a progressão de regime, ou seja, proibindo que o condenado cumpra parte da pena em liberdade.

ASSISTA ABAIXO

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROSE MODESTO EM CULTURAMA
Rose Modesto visita distrito e quer saber as prioridades para emendas ainda este ano para Culturama
IDADE MINIMA
Reforma da Previdência: idade mínima pode ficar menor para professor
JATEÍ - FESTA DA FOGUEIRA
Confira a programação dos Shows da Festa da Fogueira de Jateí
VICENTINENSES JÁ EM TRÊS LAGOAS
Atletas Vicentineses já se encontram em Três Lagoas para os jogos escolares da Juventude
JUSTO - NO SENADO
Comissão do Senado aprova projeto que obriga presos a pagarem por suas despesas
VICENTINA - SHOW CONFIRMADO
Confirmado, Maiara e Maraisa é uma das atrações dos festejos do aniversário de Vicentina
MOTIVAÇÃO POLITICA
Vereador é preso em posse de armas supostamente usadas em atentado contra casa de prefeito
RACHADINHA
Parentes empregados pela familia Bolsonaro devolviam até 90% dos salários
AÇÕES ROSE MODESTO
Deputada Rose Modesto cobra de Ministro da Educação retomada de investimentos para setor educacional
PROTESTO NACIONAL
Milhares protestam contra bloqueios na Educação, Bolsonaro chama manifestantes de 'idiotas úteis'