Menu
SADER_FULL
terça, 22 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
política

PR: máquinas entregues por Dilma são 'reentregues' por filho de Dirceu

11 Out 2013 - 10h41Por Terra

Um dia após a presidente Dilma Rousseff entregar pessoalmente a prefeitos paranaenses 179 chaves de caminhões, retroescavadeiras e motoniveladoras - distribuídos com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC  2) -, o deputado federal Zeca Dirceu (PT-PR), filho do ex-ministro José Dirceu, decidiu percorrer municípios contemplados pelo programa do governo  para "reentregar" os mesmos equipamentos. As reentregas foram realizadas com direito a discursos e faixas de agradecimentos ostentando os nomes de Zeca Dirceu, pretenso candidato à reeleição, e da ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, provável candidata do PT ao governo do Paraná em 2014.

Saiba Mais

No PR, Dilma ressalta importância de cidades com até 50 mil habitantes
Governo centraliza entregas do PAC 2 e é acusado de fazer campanha no PR

Dilma havia realizado a entrega oficial no dia 4 de outubro, em Campo Mourão, a 460 quilômetros de Curitiba. No mesmo dia, a bancada federal do Paraná, que reúne deputados federais e senadores (incluindo o próprio Zeca Dirceu), distribuiu um manifesto alertando prefeitos para evitar as reentregas, que poderiam "trazer consequências administrativas". Nos dias 5 e 6 de outubro, Dirceu percorreu mais de 10 cidades para eventos de reentrega, registrados por sua assessoria de imprensa.

Questionado sobre as reentregas das chaves dos equipamentos, o deputado petista negou a prática. "Não existe reentrega. A entrega foi feita pela presidente Dilma. Estive nos municípios a convite dos prefeitos para a apresentação das máquinas para população, o que acho justo e correto, principalmente porque foi num final de semana, e as máquinas não estavam trabalhando", disse ele. Prefeitos ouvidos pelo Terra desmentem a versão de Dirceu e afirmam que foram informados das reentregas pela assessoria do deputado. 

Entrega planejada
No dia 3 de outubro, véspera da visita da presidente Dilma ao Paraná, uma nota publicada pelo site Folha da Comunidade, de Janiópolis (PR), indica que Dirceu já havia planejado as reentregas pela região antes mesmo da entrega oficial de Dilma. O texto publicado informava que o deputado estaria no município no sábado, dia 5, "para oficializar a entrega do caminhão caçamba conseguido junto ao governo federal".

Eu fui receber uma autoridade, mas agradeci à presidente Dilma. Agora, ele (Zeca Dirceu) está fazendo a campanha dele. Eu sou bem franco, os deputados que eu apoio não são do lado dele. Quem acertou foi a assessoria dele com a minha vice-prefeita, que pertence ao PT. Eu participei de um evento do PT. É claro que tem a intenção política.

Valdinei Peloi prefeito de Rancho Alegre D'Oeste (PR)

De acordo com a publicação, o prefeito José Domingos "Lola" Poera (PMDB) estaria convidando lideranças para recepção a Dirceu, apresentado como "grande parceiro de Janiópolis na busca de recursos e que recentemente entregou uma retroescavadeira". A máquina, que compõe o kit de equipamentos do PAC, havia sido entregue pelo governo federal em Toledo (PR), no mês de agosto. A visita do deputado também foi antecipada pelo site da prefeitura de Luiziana (PR) também em postagem do dia 3. A nota afirmava que "Zeca Dirceu entregará ao prefeito Mauro Alberto Slongo (PDT) as chaves de um caminhão e de uma retroescavadeira".

Fotos dos eventos de reentregas ocorridos nos dias 5 e 6 foram postadas em um site de compartilhamento de imagens, gerenciado pela assessoria de Zeca Dirceu, com a legenda "entrega de caminhão caçamba". O deputado disse que a legenda foi colocada por uma estagiária e que "não estaria adequada" ao que ocorreu. Em algumas imagens, Zeca Dirceu segura as chaves dos equipamentos ao lado de prefeitos. Ele, porém, não admite que participou de reentregas e afirma que desconhece como surgiram as faixas de agradecimentos dirigidos a ele e à ministra Gleisi.

"Como já disse, fui convidado pelos prefeitos", resumiu. Antes de desligar, Zeca Dirceu disse ainda que teria visto fotos, em eventos anteriores, "de deputados federais e até estaduais da oposição entregando máquinas do PAC  2". Solicitado a declinar nomes, o deputado preferiu dizer que preferia "não ser indelicado, pois convivo com deputados federais e estaduais".

"Meio constrangido"
Prefeitos que participaram ao lado de Zeca Dirceu das reentregas de equipamentos apresentaram várias justificativas. O prefeito de Rancho Alegre D'Oeste (PR), Valdinei Peloi (DEM), disse que foi convidado para participar do evento. "Eu fui receber uma autoridade, mas agradeci à presidente Dilma. Agora, ele (Zeca Dirceu) está fazendo a campanha dele. Eu sou bem franco, os deputados que eu apoio não são do lado dele. Quem acertou foi a assessoria dele com a minha vice-prefeita, que pertence ao PT. Eu participei de um evento do PT. É claro que tem a intenção política. Mas não fui eu que convidei a população, pois quando convido, enche a praça, e ali tinha pouca gente."

Ele foi de metidão (sic). Dormiu aqui na cidade e pediu para tirar um foto de manhã. Foi isso que aconteceu. (...) Ele é uma autoridade federal e fica chato não atender. Foi uma jogada política.

Baco Duarte prefeito de Ubiratã (PR)

Em Ubiratã (PR), o prefeito Baco Duarte (PPS) disse que não houve nenhum ato oficial. "Ele foi de metidão (sic). Dormiu aqui na cidade e pediu para tirar um foto de manhã. Foi isso que aconteceu", afirma. Confrontado com as fotos que mostra sua participação no ato, Duarte diz que o deputado pediu para tirar uma foto a seu lado. "Ele é uma autoridade federal e fica chato não atender. Foi uma jogada política", analisa. O prefeito de Ubiratã afirma que não se sentiu confortável com a situação. "Não fiquei legal, não. Ele sabe que o meu deputado federal é outro", revelou.

Em Araruna (PR), o prefeito Fabiano Antoniassi (PMDB) disse ter recebido Zeca Dirceu para anunciar uma verba de R$ 150 mil para patrulha mecanizada. "A assessoria dele ligou e disse que ele estava passando por aqui. O contato é que ele estaria passando para anunciar a emenda e acabou entregando os equipamentos", explica o prefeito. Antoniassi disse que a faixa que estava afixada no caminhão entregue por Dilma foi um pedido da equipe que acompanha ele. "Nós sempre fazemos uma faixa para agradecer os deputados que entregam emendas." O prefeito disse que ficou "meio constrangido" em negar o pedido de fotos do deputado ao lado dos equipamentos. Para ele, "fica difícil saber qual deputado que está conseguindo as verbas lá". "Quando sai alguma coisa lá, todos enviam a comunicação. Então, se a gente não aceitar, de repente tem várias coisas que acabam não saindo."

Deixe seu Comentário

Leia Também

JATEÍ - DINHEIRO BEM INVESTIDO
Jateí é o 2º do Estado do MS que mais investe na saúde de sua população
TÁ COM IPVA ATRASADO???
Proprietários de veículos com IPVA em atraso podem parcelar dívida em até dez vezes
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Enquanto 6 estados decretam calamidade, MS mantém investimentos e salários em dia
DEODÁPOLIS - CPI NA CÂMARA
MPE pede para Câmara criar CPI um dia depois de vereador protocolar pedido em Deodápolis
ABERRAÇÃO
Filhas solteiras de senadores ganham 33 mil reais. "Isso vai acabar", diz Bolsonaro
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Governo de MS implanta alta tecnologia em presídios para tornar inspeção mais eficaz
DOURADOS - PRESO NOVAMENTE
Investigado por corrupção, Idenor Machado volta a ser preso em Dourados
DEODÁPOLIS - CPI CHEGANDO
Vereador protocolou pedido de abertura de CPI para apurar denuncias de 2016 em Deodápolis