SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 18 de Janeiro de 2018
SADER_FULL
RIO_DOURADOS
23 de Setembro de 2013 16h43

O Globo: Escutas indicam suposto encontro de Bernal com grupo que fraudou previdência

Mídia Max

Reportagem veiculada pelo Jornal O Globo afirma que o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), teria se reunido com integrantes do grupo comandado pelo doleiro Fayed Antoine Traboulsi, acusado de fraudar fundos de previdências de municípios com a quadrilha desmantelada pela Polícia Federal na última semana.

Segundo o jornal carioca, gravações feitas pela Polícia Federal durante a “Operação Miqueias” apontam que o próprio Fayed teria dito que teve conversas com o prefeito campo-grandense em Brasília. Na gravação, Fayed diz que Bernal estaria em Brasília no dia seguinte e afirma que já teria conversado com ele em outra oportunidade.

“Eu já estive conversando da outra vez com ele. Mas eu tô indo para São Paulo às 8 horas da manhã e volto às 2 horas da tarde... Eu acho assim: se você tiver um tempinho, à noite, eu acho que vale a pena convidá-lo para ter uma conversa social, ta”, declarou Fayed a um interlocutor em uma das conversas que a reportagem teve acesso.

Na mesma ligação, ele ainda avisa que vai ligar para o interlocutor para pedir o telefone do prefeito. Segundo a reportagem, a conversa foi gravada com autorização judicial no dia 21 de novembro de 2012, quando Bernal já tinha sido eleito.

Apesar da gravação, o relatório da Polícia Federal que embasou a prisão temporária de 20 integrantes da quadrilha não traz outras referências a Bernal e nem apresenta provas de que o encontro aconteceu. Em entrevista ao jornal, Bernal disse que durante o período de transição e após a posse recebeu várias pessoas, mas não se recordava de encontros com o grupo de Fayed.

A Polícia Federal acredita que a quadrilha tinha o objetivo de corromper políticos para repassar dinheiro dos fundos de previdência municipal para aplicações financeiras indicadas pelo grupo, causando prejuízos aos municípios.

Outros prefeitos

Outra matéria do “Jornal O Globo” revela que Luciane Lauzimar Hoepers, 33 anos, era uma das armas da quadrilha acusada de desviar R$ 50 milhões de fundos de pensão de servidores de prefeituras. A mulher, que chama atenção pela beleza, teria, segundo a publicação, escolhido alvos em Mato Grosso do Sul.

Comentários
Veja Também
LÉO_GÁS_300
LOJA_02
FARMÁCIA_CENTROFARMA_300
Últimas Notícias
  
ÓTICA_DOURADOS
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.