MEGA_OKA_CARROS_
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 21 de Outubro de 2017
DELPHOS_FULL
14 de Fevereiro de 2017 13h00

Mulher que já foi presa por estelionato tenta aplicar golpe em deputados estaduais

A prisão ocorreu por estelionato, já que a mulher dizia que o filho havia morrido

Mídia Max

Com matéria de julho do ano passado sobre a prisão de Vera Lúcia Alves Penaves, 61 anos, em mãos, o deputado estadual Flávio Kayatt (PSDB) contou que a mesma mulher esteve na manhã desta terça-feira (14) em seu gabinete. O motivo que a levou ao encontro do parlamentar foi o mesmo que o deixou na cadeia: história inventada para conseguir dinheiro.

A prisão ocorreu por estelionato, já que a mulher dizia que o filho havia morrido em decorrência do câncer e, por isso, precisava arrecadar dinheiro para trazer o corpo de Barretos a Campo Grande. Na ocasião, o delegado Antenor Batista explicou que a renda de Vera, mãe de três filhos, vinha dos golpes que aplicava.

Agora foi a vez do deputado quase cair no ‘conto do vigário’. Durante sessão ordinária desta manhã ele contou aos colegas que a mulher esteve em seu gabinete pedindo ajuda financeira para bancar o velório de um familiar. A assessoria do parlamentar pesquisou o nome dela na internet e constatou que do que se tratava.

Ao perceber a movimentação, ela foi embora sem falar nada. Ao mostrar as fotos para os colegas, outros dois deputados disseram que a mesma pessoa já havia passado por seus gabinetes contando os mesmo fatos. Antonieta Amorim (PMDB) e Márcio Fernandes (PSDB) não desconfiaram de nada.

Após o ocorrido, Kayatt foi até a recepção questionar a entrada da mulher na Casa de Leis, mas sem funcionários alegaram que sem internet é impossível identificar os visitantes. Por isso, o tucano solicitou que haja suporte para não colocar a segurança dos deputados em risco. 

Comentários
Veja Também
MBO_SEGURANÇA_300
LIMIT ACADEMIA_BOTTON
BANNER_LATERAL_ASSOMASUL
Últimas Notícias
  
FORTALEZA
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.