Menu
SADER_FULL
terça, 19 de março de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

Ministério Público Estadual pede à Justiça afastamento de Alcides Bernal do cargo

Acusação de promotor é de má-fé, negligência e criação de falsa emergência por parte do prefeito

18 Out 2013 - 07h14Por Campo Grande News

O MPE/MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) entrou com ação na Justiça pedindo o imediato afastamento de Alcides Bernal (PP) da Prefeitura de Campo Grande. A decisão depende apenas de liminar, que pode ser concedida a qualquer momento pelo juiz David De Oliveira Gomes Filho, da 2ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos.

O pedido, datado de ontem (16), mas recebido pelo TJMS nesta quinta-feira (17), pleiteia liminar, "no sentido de afastar imediatamente do cargo, o Prefeito de Campo Grande/MS, Senhor Alcides Jesus Peralta Bernal".

Assinado pelo promotor de Justiça Alexandre Pinto Capiberibe Saldanha, da 30ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social de Campo Grande, o pedido de liminar leva em conta o relatório da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Calote na Câmara Municipal, enumerando supostas irregularidades em contratações de empresas como motivo para o afastamento de Bernal.

O promotor, inclusive, promove como testemunhas do processo diversas pessoas ouvidas na CPI, como Marcos Tabosa, presidente do Sisem (Sindicato dos Servidores Municipais de Campo Grande), e empresários como Mamed Dib Rahim e Érico Cherizi Barreto.

Bernal terá 15 dias para manifestar, por escrito, a defesa, após ser oficialmente notificado.

Ainda segundo o processo, após defesa de Bernal, o processo deve correr e resultar, inclusive, a cassação do prefeito.

A decisão está nas mãos do juiz David De Oliveira Gomes Filho, da 2ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos.

Comissão Processante - O pedido do MPE ocorreu um dia após a instauração de Comissão Processante contra Bernal na Câmara Municipal de Campo Grande.

Os vereadores da Capital, porém, preferiram não pedir o afastamento do prefeito, pelo menos por enquanto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JATEÍ - ARRASTÃO CONTRA A DENGUE
JATEÍ: Vigilância Sanitária pede a população que deixem os portões abertos, arrastão contra a dengue
40 HORAS SEMANAIS
Decreto de Reinaldo oficializa jornada de 8 horas para 16 mil servidores
LAMA ASFÁLTICA - CONDENADO
Giroto é condenado a quase 10 anos de prisão em primeira sentença da Lama Asfáltica
PARALISAÇÃO NACIONAL
Contra a Reforma da Previdência, educadores de Dourados param na 6ª
AÇÃO PARLAMENTAR - ONEVAN DE MATOS
Trabalho de Onevan foi fundamental, Reitor anuncia implantação de novo curso na UFMS de Naviraí
PREJUDICIAL A SAUDE
Uso de narguilé em locais públicos poderá ser proibido
FÁTIMA DO SUL - EMENDA AO SIAS
Diego recepciona deputado Herculano e agradece por emenda de R$ 20 mil ao SIAS em Fátima do Sul
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Pacco encontra com Governador e Itaporã ganha importante pacote de obras
EM CAMPO GRANDE - ROSE MODESTO
Rose Modesto leva debate sobre prevenção e combate a violência contra mulher para Sarau Solidário
NAVIRAI
Onevan pede para que Peixada da Seleta esteja no Calendário de Eventos