Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 25 de março de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
DOURADOS

Índios continuam sofrendo com a escassez de água

Miséria em meio à riqueza agrícola: indígenas buscam água em fontes insalubres.

19 Dez 2018 - 07h25Por Dourados Agora

O Ministério Público Federal (MPF) em Dourados pediu à Justiça que determine prazo final de 90 dias para cumprimento de acordo firmado em 10 de abril de 2014 entre o MPF, Governo Federal e Prefeitura de Dourados, para garantir fornecimento regular de água para cerca de 14 mil pessoas da Reserva Indígena de Dourados, a maior do país.

O acordo foi firmado no bojo de ação civil pública promovida pelo MPF e previa o mapeamento e a ampliação da rede de abastecimento da comunidade, mas nada disso saiu do papel.

Antes de decidir sobre o pedido do MPF, a Justiça determinou que a Prefeitura de Dourados e a União, através da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), devem encaminhar informações sobre as obrigações assumidas e já cumpridas. A Sesai deve ainda informar a respeito de eventual acordo de cooperação técnica com a companhia de saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul) para a promoção do mapeamento da rede de distribuição dos sistemas de abastecimento de água das aldeias Bororó e Jaguapirú, que compõem a Reserva.

Diagnóstico da situação constatou nível abaixo do necessário para o consumo humano nas casas da reserva, além de diversas famílias sem acesso à água potável. A falta de abastecimento regular leva os indígenas a se valer de fontes insalubres, desde córregos até poços improvisados, que terminam por comprometer a saúde da população.

Em março de 2018, uma vistoria do MPF constatou que o problema não cessou. A rede de abastecimento é mínima e os indígenas improvisam encanamentos até as residências. Segundo manifestação judicial do MPF, parte da verba destinada à manutenção da rede de abastecimento foi utilizada para a perfuração de poços e instalação de caixas d'água. Ainda assim, a água não chega a diversos pontos da comunidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TÁ SUSPENSO
TRF suspende nomeação de Carlos Marun em conselho de gestão de Itaipu
COMPRA DE VOTOS NO MS
Justiça eleitoral condena 16 pessoas por compra de votos em MS
AÇÕES DEPUTADO ONEVAN
Onevan pede apoio da Fundação de Cultura para aniversário de Iguatemi
TRI GOVERNO
1979, o ano em que MS teve três governadores
FÁTIMA DO SUL - INDICAÇÃO
Diego sugere estudos para prevenção de suicídio, uso de drogas e outros com alunos da REME de Fátima
VAGAS DE EMPREGO
Gestão de recursos hídricos - Governo de MS lança edital para contratação de profissionais
AÇÕES DO DEPUTADO NO MS
Deputado Herculano Borges defende a importância da Capelania Escolar nas escolas de MS
JATEI
Curso de Regularização Fundiária Urbana corresponde expectativas em Jateí
LAVA-JATO
Michel Temer é preso pela Lava Jato; PF faz buscas por Moreira Franco
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Pacote de obras de R$ 169 milhões contempla recapeamento da avenida Bandeirantes