Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 15 de setembro de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
ALERTA

Governo decreta situação de emergência por causa das queimadas em Mato Grosso do Sul

Corpo de Bombeiros está em alerta máximo e montou uma escala operacional de combate ao fogo

12 Set 2019 - 07h33Por Topmidia News

O governador Reinaldo Azambuja declarou situação de emergência em Mato Grosso do Sul em razão da alta incidência de focos de queimadas, com impactos ambientais, de saúde e econômicos. O decreto será publicado no Diário Oficial do Estado nesta quinta-feira (12).

Levantamento do Ibama (Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) revela que mais de 1 milhão de hectares já foram destruídos pelo fogo este ano e as previsões são continuidade de ambiente de alto risco em função da estiagem prolongada e baixa umidade do ar.

“Foi tomada uma decisão técnica, em razão de uma situação crítica, onde o número de focos, que vinha se mantendo dentro de uma média, sofreu uma alteração drástica nos últimos dias e o fogo se expandiu, com impactos diretos no meio ambiente, na saúde da população e na produção”, explicou Jaime Verruck, da Semagro (Secretaria estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).  

O Governo monitora os focos de calor, com sobrevoos nas áreas mais críticas, enquanto o Corpo de Bombeiros está em alerta máximo e montou uma escala operacional de combate ao fogo, envolvendo 56 militares de folga e do setor administrativo, além dos 200 homens já em operação.

Com o decreto, o objetivo é buscar apoio do Ministério da Integração Regional e do Exército para fornecimento de infraestrutura, como a disponibilidade de aeronaves e brigadistas. As entidades ligadas ao agronegócio e ao setor de celulose, que contam com estrutura de combate ao fogo, já foram acionadas.

 “A situação tende a piorar, com a onda de calor e a baixa umidade, e a população precisa ficar alertar, não queimar, e denunciar imediatamente aos órgãos competentes, como a Polícia Ambiental e o Corpo de Bombeiros, algum foco de calor para uma ação simultânea de combate”, alertou o secretário.

Em números

Conforme levantamentos da Defesa Civil do Estado, divulgado no Portal MS, o volume de focos de calor aumentou em 300% nos últimos três meses e o mês de setembro já supera as médias históricas, gerando um ambiente de alta combustão e crítico, com o registro de 397 pontos de fogo nas últimas 48 horas, a maioria no Pantanal.

“Mais de 90% são queimadas criminosas”, apontou o secretário Jaime Verruck, lembrando que desde 2014 vigora uma resolução conjunta do Estado com o Ibama, que proíbe a queima controlada em Mato Grosso do Sul, de 1º de agosto a 30 de setembro, estendendo-se até 31 de outubro na região do Pantanal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Governo do Estado efetua repasses de R$ 2,9 milhões à saúde de Dourados
JATEÍ - ASFALTO JÁ É REALIDADE
Ruas se transformam com a chegada do asfalto que já é realidade para os moradores em Jateí
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Governo Presente: Figueirão pede equipamentos e destaca municipalismo do governador Reinaldo Azambuj
AÇÕES DEPUTADO BARBOSINHA
Barbosinha vai mobilizar prefeitos e bancadas por solução de tráfego na BR-163
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Em encontro com prefeitos, Azambuja diz que todas as escolas estaduais serão reformadas
GOVERNO PRESENTE
Segundo dia em Três Lagoas; mais prefeitos municípios têm agenda com governador
GLÓRIA DE DOURADOS - ABANDONO
Prefeitura deixa população do distrito de Guassulândia sem água desde domingo em Glória de Dourados
JATEÍ - ASFALTO CHEGOU!!!
Asfalto chega em Rua que era de pedras irregulares, moradores agradecem e prefeito vistoria em Jateí
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Reinaldo anuncia que Hospital Regional de Três Lagoas vai começar a funcionar no início de 2020
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Com viés municipalista, Governo Presente leva estrutura estadual para cidades do interior