Menu
SADER_FULL
domingo, 9 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
campo grande

Dois pedidos de cassação ao mandato de Bernal são apresentados na câmara

30 Set 2013 - 16h42Por Mídia Max

Dois pedidos para abertura de uma comissão processante foram apresentado na manhã desta segunda-feira (30) na câmara de vereadores em Campo Grande. Um deles foi em nome de Raimundo Nonato e de Luiz Pedro Guimarães. O outro foi em nome de Eder Sanches. Para eles, a sociedade espera uma resposta sobre a questão das irregularidades apresentadas pelos vereadores na CPI do Calote.

Raimundo disse que é produtor rural, cidadão de Campo Grande há 38 anos e que fez o pedido porque está muito preocupado com a situação da cidade.

“Eu vim para trabalhar na comissão de divisão do Estado para você ter uma ideia. Recebi todas as medalhas de honra da câmara e vim apresentar esse pedido porque estou preocupado com a situação da cidade. Minha soliciatação é baseada no que foi apresentado pela CPI do Calote e eu trouxe inclusive documentos que fizeram parte da investigação”, explicou.

Na avaliação de Raimundo, a Capital está sofrendo um prejuízo muito grande, inclusive em relação a projetos para financiamento com verba federal. “Há um prejuízo muito grande para a cidade que tem enviado à Brasília o mesmo número de projetos que tem uma cidade como Jaraguari e Japorã, por exemplo. Não é desmerecendo, mas Campo Grande deveria ter mais projetos e ações”, frisou

Já Luiz Pedro disse que sempre esteve próximo da vida política da cidade e que a eleição trouxe muita expectativa e esperança pra sociedade, mas que até agora 'essa administração não mostrou a que veio'.

“Faz nove meses que a nova administração está ai e não disse nem por quê, nem a que veio. Não é nada pessoal contra o prefeito, mas sim uma preocupação com a sociedade que clama por uma resposta”, afirmou Luiz.

Para Luiz Pedro os vereadores dizem que estão investigando, o prefeito diz que não tem erro e a cidade está parada com empresas sofrendo por conta da inércia administrativa. “Como não se encontra culpado, a sociedade tem que cobrar uma explicação. Quem está representando o povo é a câmara e terão que analisar todos os documentos diante desse pedido”, reclamou.

A petição entregue por Luiz tem 38 páginas e, segundo ele, é baseada em documentos solicitados à câmara. “Questiono as empresas irregulares, a qualidade na prestação de serviço e tudo o que foi divulgado pela imprensa. A Capital precisa de uma resposta urgente”, destacou.

No caso do pedido feito por Eder Sanches, os vereadores acharam melhor aguardar, já que o documento não traz embasamento suficiente para a abertura da comissão.

Tanto Luiz quanto Raimundo já foram integrantes do PP, partido presidido pelo prefeito de Campo Grande. Contudo afirmam que não fazem mais parte da legenda e que os pedidos não tem motivação política. Luiz Pedro conta que saiu quando entregou a presidência do PP nas mãos de Bernal e Raimundo disse que saiu no último sábado (28), quando assumiu a secretaria do PEN (Partido Ecológico Nacional), presidido pelo deputado estadual Lídio Lopes – também ex-PP.

Questionados se o ato seria uma espécie de retaliação, ambos disseram que não. “Veja o caso do vereador Chocolate, por exemplo, que era amigo do Bernal. Hoje está a deriva. O pedido que fiz não tem nada de pessaol. Pra mim é uma situação que precisa investigar”, disse Raimundo. Já Luiz foi incisivo em afirmar que 'não é questão pessoal: a cidade precisa de respostas'.

Agora os vereadores vão votar para decidir a viabilidade da investigação. Para a abertura da comissão processante será preciso uma maioria simples com um quórum de 15 vereadores.

Leia Também

DOURADOS - CÂMARA CONTURBADA
Por força judicial, terceira sessão para definir Mesa Diretora da Câmara é cancelada em Dourados
NOVO PRESIDENTE DO SOLIDARIEDADE
Por aclamação, Lucas de Lima deputado eleito, vai presidir o SD na Capital
EXPULSÃO
PT de Nova Andradina pede mandato de vereador e a expulsão de partido
DOURADOS - OPERAÇÃO CIFRA NEGRA
Mais 4 pessoas são presas em caso de corrupção na Câmara de Dourados
HOSPITAL DA VIDA
Hospital de Dourados é selecionado entre 12 no país para projeto do Ministério da Saúde
IRREGULARIDADES
Ministério Público pede afastamento de prefeito por contratações irregulares
DOURADOS - SUPLENTES PODEM ASSUMIR
Suplentes dos 3 vereadores presos podem ser convocados para assumir em Dourados
JATEÍ - REFORMA COMPLETA
JATEÍ: Eraldo entrega reforma completa da ponte de madeira sobre Rio Guiraí na Gleba Nova Esperança
DOURADOS - OPERAÇÃO CIFRA NEGRA
Vereadores presos se “revezavam” há oito anos em cargos da Mesa Diretora da Câmara em Dourados
DOURADOS - OPERAÇÃO CIFRA NEGRA
Cifra Negra: Operação cumpre 10 mandados de prisão contra vereadores em Dourados