Menu
SADER_FULL
segunda, 20 de maio de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
CAPITAL

Coronel da PM acusado de estupro é demitido por governador

Crime aconteceu em 2003, em Jardim

2 Mai 2019 - 12h22Por Correio do Estado

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) anunciou nesta quinta-feira (2), por meio do Diário Oficial, a demissão do tenente-coronel da Polícia Militar Márcio Villassanti Romero, acusado de estupro em 2003, em Jardim.

O processo de Romero corre em segredo de Justiça. A condenação a 14 anos de prisão aconteceu em 2009, mas o ex-PM conseguiu reduzir a pena para oito ano e dois meses. Em 2011, ele chegou a ser absolvido, mas a decisão foi reformulada.

Romero atualmente está reformado na corporação, mas atuou nos últimos anos no Comando-Geral, na Capital. Com a decisão, o ex-PM perdera beneficíos e salários.

É a segunda demissão de policial feita por Azambuja em menos de 15 dias. No dia 22 de abril, ele decidiu a saía dos quadros de seis policiais civis acusados de irregularidades durante o desempenho de suas funções. Todos eles já estavam afastados de suas funções pela Corregedoria da instituição. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

JATEÍ - FESTA DA FOGUEIRA
Confira a programação dos Shows da Festa da Fogueira de Jateí
VICENTINENSES JÁ EM TRÊS LAGOAS
Atletas Vicentineses já se encontram em Três Lagoas para os jogos escolares da Juventude
AÇÕES ROSE MODESTO
Rose Modesto quer aumentar pena por feminicídio, Assista a entrevista
JUSTO - NO SENADO
Comissão do Senado aprova projeto que obriga presos a pagarem por suas despesas
VICENTINA - SHOW CONFIRMADO
Confirmado, Maiara e Maraisa é uma das atrações dos festejos do aniversário de Vicentina
MOTIVAÇÃO POLITICA
Vereador é preso em posse de armas supostamente usadas em atentado contra casa de prefeito
RACHADINHA
Parentes empregados pela familia Bolsonaro devolviam até 90% dos salários
AÇÕES ROSE MODESTO
Deputada Rose Modesto cobra de Ministro da Educação retomada de investimentos para setor educacional
PROTESTO NACIONAL
Milhares protestam contra bloqueios na Educação, Bolsonaro chama manifestantes de 'idiotas úteis'
INVASÃO DE TERRAS
Secretário reclama de 144 áreas invadidas e imagem de produtor vilão