Menu
SADER_FULL
domingo, 21 de julho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
MORTE NO CINEMA

VÍDEO: imagens mostram momento de discussão e morte de bioquímico em sala de cinema

Militar disse que agiu em legítima defesa

9 Jul 2019 - 11h23Por Midiamax

Imagens de câmeras de segurança da sala do cinema, onde o bioquímico Júlio César Cerveira Filho, de 43 anos, foi assassinado mostram o momento da confusão. O crime aconteceu nesta segunda-feira (8), em Dourados – a 225 quilômetros de Campo Grande.

As imagens estão escuras, mas é possível ver quando a confusão começa e Júlio se levanta do assento e começa a discutir com o policial militar ambiental, de 37 anos. Pelas imagens é possível ver o bioquímico se levantar duas vezes da poltrona e começar a brigar com o policial.

Também é possível pelas imagens quando assustadas as pessoas começam a se levantar das poltronas, neste momento teria acontecido o disparo que matou Júlio César. Em depoimento, o militar disse que o tiro foi acidental e aconteceu no momento em que Júlio tentava tirar a arma das mãos do policial militar ambiental.

Segundo o delegado Daltro, há indícios de que o policial tenha agido em legítima defesa, o que será investigado durante a instrução do inquérito. O tiro aconteceu depois de provocações de Júlio e de um tapa que ele deu no rosto do filho do militar.

A confusão começou com uma briga por causa de um assento na sala do cinema. O PMA – preso em flagrante – informou que estava na sala de cinema, acompanhado dos dois filhos, de 14 e 10 anos de idade. A família ocupava as poltronas 9, 10, 11 da fileira sete e um dos filhos do policial sentava ao lado de Júlio Cesar Cerveira Filho, 43 anos.

Júlio, conforme relato, começou a abrir e fechar os braços, também as pernas, batendo contra o menino sentado na poltrona 11. Neste momento, o pai optou por trocar de lugar com o filho e pediu para que a vítima parasse com as provocações. No entanto, de acordo com o boletim de ocorrência, Júlio teria dito: “Você é um idiota, você é babaca, ridículo, cuzão”. O PMA conta que pediu para que a vítima parasse e a mulher que acompanhava Júlio também teria pedido para que ele cessasse com as provocações.

Júlio teria levantado e então, passou a desferir chutes e socos no policial, momento em que várias pessoas que estavam na sala de cinema começaram a se manifestar e censurar a atitude da vítima. Júlio saiu do local e antes de deixar a fileira sete, teria desferido um tapa no rosto do filho do policial. O pai se levantou e disse: “você tá doido, batendo no meu filho ele é menor, vou chamar a polícia”.

Nas escadarias, a vítima ainda teria puxado o policial pela camisa que se apresentou como militar sacando a arma, sendo que neste momento Júlio teria tentado tirar a arma da mão do policial acontecendo o disparo, que segundo ele foi acidental.

A arma utilizada não possui registro e foi apreendida com 12 munições de mesmo calibre. O advogado da família da vítima solicitou a polícia exame de corpo de delito nos filhos do policial. O caso foi registrado como homicídio simples, na 1ª DP da cidade. Ele foi afastado.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

GLÓRIA DE DOURADOS - BRIGA ENTRE AMIGOS
Briga acaba com chegada da PM e viatura é atingida com golpe de barra de ferro em Glória de Dourados
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS
Tragédia: Avô e neto morrem em acidente entre caminhonete e caminhão em MS
ITAPORÃ - ASSASSINATO
Jovem que estava usando tornozeleira eletrônica é assassinado com 2 tiros de pistola em Itaporã
NOVA ANDRADINA - MORTE A ESCLARECER
Mulher de 64 anos é achada morta em casa em Nova Andradina
ATENTADO EM DOURADOS
Jovem é baleado com 4 tiros em bairro de Dourados
PEQUENO HERÓI
Irmão salva bebê de 7 dias depois de criança colocar fogo em quarto
REGIME SEMIABERTO
Goleiro Bruno deve sair da cadeia no fim da tarde desta sexta-feira
MUNDO MEDONHO
Homem decepa o pênis do amante da esposa e leva o membro embora
DOURADOS - CRIME NO SHOPPING
Delegado encerra Inquérito e aguarda perícia para saber se tiro que matou bioquímico foi acidental
MONSTRUOSIDADE
Vizinho é preso suspeito de estuprar e estrangular menina de 8 anos