TASS_MOTORS
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 13 de Dezembro de 2017
RIO_DOURADOS
11 de Agosto de 2017 07h58

Traficante considerada “ardilosa” pela polícia é flagrada vendendo droga na área central

Força Tática colocou em prática ação para prender jovem, já conhecida no meio policial, que foi flagrada com 45 porções de crack

Nova News

Mesmo com toda a esperteza que a polícia já tinha conhecimento, uma jovem, de 28 anos, não escapou de ser presa, na noite desta quinta-feira (10), ao ser flagrada comercializando droga na área central de Nova Andradina. Segundo as informações a que o Nova News teve acesso, a acusada, identificada pelas iniciais R.D.S., foi o alvo da ação de combate ao tráfico na cidade realizada pela Força Tática. Por volta das 23h40, a central de emergência 190 recebeu uma denúncia que em um bar localizado na Avenida Antônio Joaquim de Moura Andrade, esquina com a Rua Espírito Santo, a jovem, já conhecida no meio policial, estaria vendendo droga no local.

 
Cb image default
 

R.D.S., de 28 anos, foi flagrada em um bar localizado na Avenida Moura Andrade, esquina com a Rua Espírito Santo - Foto: Nova News

 

Conforme a denúncia, a suspeita repassava droga para os usuários e posteriormente entregava o dinheiro para uma pessoa do sexo masculino que estava sentado próximo a ela. Para a polícia, a jovem é considerada ardilosa na prática do tráfico de drogas, sendo que a mesma além de revezar o ponto de venda com outra traficante, conforme relato de denúncias anteriores, a mesma sempre trabalha em dupla, onde uma pessoa fica com a droga e a outra fica com o dinheiro, no sentido de caso ser abordada pela polícia, alegue ser apenas estar portando droga para consumo pessoal. Em maio deste ano, a jovem inclusive teria usado este mesmo artifício ao ser presa pelo crime de tráfico, mas conseguiu ser absolvida.

 

Na abordagem, os policiais encontraram em poder da jovem um total de 45 porções de crack, que após pesagem totalizaram 10 gramas. Em busca no interior do bar, não foi possível encontrar o comparsa da acusada que conseguiu fugir supostamente pelos fundos do estabelecimento.

Questionada sobre a procedência da droga, a jovem relatou que a droga mais uma vez seria para o seu próprio consumo, o que, para os policiais, não convence devido à grande quantidade apreendida, desta forma, ficando evidente o suposto tráfico já que ela não exerce atividade remunerada há 8 meses. Diante dos fatos, a acusada foi entregue na 1ª Delegacia de Polícia Civil para as providências cabíveis. 

Comentários
Veja Também
MBO_SEGURANÇA_300
Nossa_Lojas
LIMIT ACADEMIA_BOTTON
Últimas Notícias
  
FÁBRICA_CALÇADOS
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.