Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 26 de agosto de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
TRAFICO DE DROGAS

Suspeito em caso de helicóptero apreendido com cocaína é encontrado morto em motel

Um dia depois de aeronave ser apreendida pela Polícia Federal, homem foi encontrado sozinho com um tiro na cabeça e uma pistola semiautomática na mão.

16 Abr 2019 - 13h10Por g1

Um homem suspeito de envolvimento com a quadrilha que transportava mais de meia tonelada de cocaína em um helicóptero apreendido no fim de semana foi encontrado morto na tarde desta segunda-feira (15) no quarto de um motel em Presidente Prudente (SP).

Segundo a polícia, o homem foi encontrado com um ferimento de tiro na cabeça e com uma pistola semiautomática na mão. A arma estava carregada e tinha apenas um tiro disparado. A polícia apurou também que o homem entrou sozinho no quarto do motel.

As imagens das câmeras de segurança do motel ainda serão analisadas.

A Polícia Federal foi acionada para também ajudar nas investigações sobre o caso. De acordo com a PF, a suspeita é de que o homem encontrado morto no motel agia no abastecimento do helicóptero usado no transporte da droga e dirigia uma caminhonete no sábado (13), quando houve a apreensão da aeronave em um canavial em Presidente Prudente.

Droga foi apreendida em helicóptero em Presidente Prudente (SP) — Foto: Bruna Bachega/TV FronteiraDroga foi apreendida em helicóptero em Presidente Prudente (SP) — Foto: Bruna Bachega/TV Fronteira

Canavial

A Polícia Federal apreendeu no sábado (13) um helicóptero avaliado em R$ 4 milhões carregado com meia tonelada de cocaína em Presidente Prudente. O dono da aeronave, a namorada de um traficante e o piloto, que inicialmente tinha fugido, foram presos.

Uma outra pessoa fugiu e não foi localizada no sábado (13) e a suspeita é a de que tenha sido o homem encontrado morto no quarto de um motel na mesma cidade nesta segunda-feira (15).

O helicóptero estava em um canavial em Presidente Prudente. Veículos de luxo foram apreendidos na capital paulista, na mesma operação.

Segundo o chefe da delegacia da PF em Presidente Prudente, Daniel Coraça Júnior, a Operação Flying Low foi deflagrada com o objetivo de combater organização criminosa envolvida com tráfico de drogas realizado por vias aéreas. As investigações, que duraram cerca de um ano, contaram com "informações de outras forças policiais e de pessoas da região que viam as atividades estranhas", informou.         

Helicóptero era abastecido em canavial em Presidente Prudente (SP) — Foto: Divulgação/PFHelicóptero era abastecido em canavial em Presidente Prudente (SP) — Foto: Divulgação/PF

A cocaína era transportada em um helicóptero. A organização criminosa fazia cerca de duas viagens por semana. Buscava a droga no Paraguai e a levava para o estado de São Paulo.

De acordo com o delegado regional de investigação, Marcelo Ivo de Carvalho, os suspeitos foram "autuados em flagrante pelo crime de tráfico internacional de entorpecentes e associação para o tráfico". Ele informou que o patrimônio do grupo envolvido totaliza aproximadamente R$ 20 milhões e que o transporte da cocaína era remunerado na proporção de 800 reais por quilo.

Como a aeronave, avaliada aproximadamente em R$ 4 milhões, não tem autonomia para o percurso todo, sempre fazia uma parada para reabastecimento em matagal ermo localizado na região de Presidente Prudente. O helicóptero usava um equipamento avaliado em R$ 1 milhão que permitia voos noturnos.

A ação conta com o apoio da Polícia Militar. Vinte policiais federais participaram do trabalho, contando com o apoio aéreo do Comando de Aviação Operacional da PF (CAOP ) e da PM.

Também foram apreendidos armas, veículos e dinheiro em espécie.

O nome da operação significa "voando baixo" e refere-se ao modo como era feito o deslocamento aéreo.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

FUGIR DE ACIDENTE DÁ CADEIA
Fugir de acidente pode terminar com prisão de até um ano; entenda
FATALIDADE
Em MS, Filho de vereador morre e órgãos são encaminhados para transplante
CASO DE POLÍCIA NO MS
Adolescente mata idoso de 60 anos e deixa faca cravada no tórax: 'Tentou roubar meu celular', disse
NOVA ANDRADINA - ALERTA AOS PAIS
Onda de suicídios deixa Nova Andradina em alerta: Jovem é encontrado morto
A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
EQUIPE FORÇA TÁTICA DE FÁTIMA DO SUL
Força Tática de FÁTIMA DO SUL apreende cocaína e pasta base durante operação Fronteira Segura II
FÁTIMA DO SUL - CASO DE POLÍCIA
Fatimassulense procura polícia após receber multa do veículo que nunca transitou no Estado de SP