Menu
SADER_FULL
sexta, 22 de novembro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS

Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro

Uma pessoa foi encaminhada para a Delegacia na noite de ontem por policiais.

23 Ago 2019 - 12h44Por Tribuna

Um suspeito de ter cometido estupro contra uma criança de 6 anos foi morto a tiros na noite desta quinta-feira (22), na Rua Leonardo Novicki, no bairro Cajuru, em Curitiba. Antônio Justino Leal já tinha várias passagens pela Polícia e populares já teriam alertado inclusive a Delegacia de Homicídios e Proteção á Pessoa (DHPP) que o crime iria ocorrer.

“A Delegacia recebeu uma informação que havia ameaças contra esta pessoa. Policias estiveram aqui antes, mas não encontramos a vitima. Ele teria cometido um crime hediondo e a liderança deste bairro faria vingança pelas próprias mãos. No meio do crime o estupro não é aceito”, disse o Delegado Tito Barichello da DHPP.

Um preso

Uma pessoa foi encaminhada para a Delegacia na noite de ontem por policiais. O “líder” da comunidade prestaria depoimento sobre o crime e passa a ser suspeito “Algumas mensagens apontam que esta liderança pode estar envolvida na autoria desta invasão”, finalizou o Delegado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESTELIONATARIA
Falsa empresa de revenda de celulares faz mais uma vítima no MS
MORTE E COMOÇÃO
Mãe de ator Caio Junquera morre dez meses após adeus ao filho
TENTATIVA DE HOMICIDIO
Homem tem olho furado após se negar a fazer sexo com suspeito em Dourados
ASSALTO
Quadrilha arrebenta portão, faz casal refém e leva mais de R$ 60 mil em joias e dinheiro
ACIDENTE FATAL
Motociclista de 26 anos morre após colisão com caminhão
BRASIL MEDONHO
Moradora de rua é morta a tiros por homem ao pedir R$ 1
ACIDENTE DE TRANSITO
Moto é arremessada e motociclista fica ferido após bater em caminhonete
CRIME PASSIONAL
Homem não aceita fim de casamento e tenta matar ex-mulher com tiro na cabeça em Dourados
VÍDEO - ASSUSTADOR
VÍDEO: homem desmaia em trilho e deixa passageiros desesperados
EM CIDADE DO MS
Gestante é mantida em cárcere e ameaçada de morte por marido em MS